Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
SUBOCLUSÃO INTESTINAL

Qual doença fez Bolsonaro ser internado às pressas? Saiba

O problema de saúde do presidente remete ao episódio do atentado contra ele nas eleições de 2018, quando foi ferido por um golpe de faca no abdômen.

segunda-feira, 03/01/2022, 14:04 - Atualizado em 03/01/2022, 21:37 - Autor: Com informações Metrópoles


Bolsonaro: problemas desde a facada.
Bolsonaro: problemas desde a facada. | Marcos Corrêa/Presidência da República

O presidente Jair Bolsonaro (PL) assustou seus eleitores ao ser internado as pressas em um hospital em São Paulo. O diagnóstico: suboclusão intestinal. É a mesma obstrução intestinal que já o acometeu desde que levou a facada, em 2018.

Bolsonaro está sendo acompanhado pela equipe do dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo, no Hospital Vila Nova Star, na zona sul paulista, onde chegou na madrugada desta segunda-feira (3/1). As informações são de que ele passa bem e será submetido a exames de imagem, sem previsão de alta.

Mas, afinal, o que é a obstrução intestinal que acomete o presidente?

A situação acontece quando as fezes não conseguem passar pelo intestino devido a uma interferência no seu trajeto, como pela presença de bridas intestinais, tumores ou uma inflamação. Nestes casos, geralmente surgem sintomas como dificuldade para evacuar ou eliminar gases, inchaço da barriga, náuseas ou dor abdominal intensa.

Uma vez que a obstrução impede a passagem dos alimentos digeridos, aumenta a pressão dentro do intestino e provoca o risco de graves complicações como perfuração intestinal, infecção generalizada e morte do tecido.

Assim, se existir suspeita de uma obstrução é aconselhado procurar imediatamente atendimento médico, para confirmar o diagnóstico e iniciar o tratamento que, normalmente, é feito com a administração de líquidos pela veia, passagem de uma sonda no trato digestivo ou cirurgia, dependendo da gravidade.

Sintomas

Os sintomas mais comuns são: a parada de eliminação de fezes e gases. No entanto, caso a obstrução seja parcial, é possível que ainda haja eliminação de gases. Outros sintomas comuns incluem:

Inchaço exagerado da barriga;

Dor abdominal em cólica e intensa;

Diminuição do apetite;

Náuseas e vômitos.

As principais causas incluem:

Hérnias;

Tumor intestinal, principalmente no intestino grosso. Veja uma lista dos sintomas de câncer no intestino;

Diverticulite;

Doenças inflamatórias do intestino, como a doença de Crohn;

Torção do intestino;

Tratamento

O tratamento para a obstrução varia de acordo com a localização e a gravidade dos sintomas e deve ser sempre feito no hospital, para evitar o surgimento de complicações, que podem ser agravados caso se tente utilizar laxantes em casa, por exemplo.

Já em uma obstrução parcial, com sintomas mais leves, normalmente pode ser apenas necessário fazer a administração de líquidos na veia, para melhorar a hidratação e facilitar a passagem das fezes e líquidos. Além disso, também se deve fazer repouso intestinal e, por isso, é preciso ficar de jejum até que o problema esteja resolvido.

Muitas vezes, também é colocada uma sonda desde o nariz até ao estômago para retirar o excesso de gases e líquidos, aliviando a pressão no intestino.

Nos casos mais graves, como acontece na obstrução completa, além dos cuidados anteriores também é preciso fazer cirurgia para tratar a causa e desobstruir o intestino, permitindo que as fezes consigam passar novamente.

O tratamento da obstrução intestinal deve ser iniciado o mais rápido possível para evitar possíveis complicações como:

Desidratação;

Perfuração do intestino;

Infecção generalizada;

Morte de uma parte do intestino.

Todas estas complicações podem colocar a vida em risco, pois contribuem para a inflamação, infecção generalizada e falha de vários órgãos.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS