Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
RIO DE JANEIRO

Menina é baleada por criminosos após se recusar a fazer sexo

Além desse caso, a polícia investiga outros dois de rapazes que supostamente teriam roubado na comunidade e por isso estariam sendo "punidos" pelos traficantes

domingo, 09/01/2022, 14:39 - Atualizado em 09/01/2022, 14:39 - Autor: Com informações de Bruna Fantti/O Dia


Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa | Senivpetro/Freepik

Moradores da comunidade de Manguinhos, na Zona Norte do Rio de Janeiro, se tornaram alvo de ações repressivas provocadas por traficantes que atuam na região. São “punições”, violações e expulsões que se tornaram alvo de investigação da Polícia Civil.

Um episódio mais recente foi registrado na última quinta-feira (6), quando uma menina menor de idade foi baleada pelos criminosos em uma das mãos depois de ter recusado manter uma relação com um deles.

+ Dama do tráfico é presa e se declara ao namorado no Rio

+ Traficante vomita droga ao ser preso na véspera de Réveillon

As informações são da reportagem do O Dia, que afirma ter apurado ainda que a própria cúpula do Comando Vermelho teria buscado explicações sobre os últimos acontecimentos para o traficante Alexander de Jesus Carlos, conhecido como “Choque ou 220v”, que segue preso no Complexo de Bangu.

O delegado Hilton Alonso, titular da 21ª DP, de Bonsucesso, buscas têm sido realizadas nos hospitais da região em busca de feridos relacionados às ocorrências sob investigação. “Fizemos buscas pelos hospitais e não há registro de entrada de feridos. Também as imagens não parecem ser de Manguinhos, mas vamos continuar a investigar”, explicou o delegado, fazendo referência também a um vídeo que mostra dois supostos casos de rapazes baleados nas mãos após roubarem na comunidade.

+ Vídeo: populares descem o cacete em falso mototaxista

O caso da menina, entretanto, é verídico. A vítima foi identificada apenas como “Brenda”. Ela foi socorrida e apreendida pela polícia, pois posteriormente foi comprovada a sua participação em um roubo no centro da cidade em 2021. Ela foi encaminhada na última sexta-feira (7) para a Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS