Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
NÃO FOI EM TAUBATÉ...

Mulher de 28 anos dá à luz quíntuplos em São Paulo

Por se tratar de uma gravidez natural, o caso de Yanike é considerado muito raro. A chance de quíntuplos sem interferência médica é de aproximadamente uma em 60 milhões de partos.

terça-feira, 11/01/2022, 08:49 - Atualizado em 11/01/2022, 08:49 - Autor: Com informações CNN BRASIL


Yanike foi internada no fim do ano passado para acompanhamento na unidade de saúde e a equipe médica decidiu pela cirurgia cesariana eletiva após monitorar a saúde dela e dos bebês.
Yanike foi internada no fim do ano passado para acompanhamento na unidade de saúde e a equipe médica decidiu pela cirurgia cesariana eletiva após monitorar a saúde dela e dos bebês. | Divulgação/Comunicação SMS

A chegada de um filho é sempre bastante esperada pelos pais e familiares. Um bebê é sinônimo de pureza, ingenuidade e fofura que transborda. Além de fazer os pais externalizarem amor e proteção.

Mas e quando não vem apenas um bebê e sim cinco? É no mínino de se assustar. Foi o que aconteceu com um casal em São Paulo. 

Uma mulher de 28 anos deu à luz quíntuplos na Maternidade Vila Nova Cachoeirinha, na zona norte de São Paulo. Os bebês nasceram prematuros, o que é comum em casos de nascimentos múltiplos, após 29 semanas de gestação.

Leia também:

Defesa Civil alerta para risco de fortes chuvas em Belém

Americanos implantam  com sucesso coração de porco em humano

Yanike Piera de Cassia já é mãe de dois filhos, um de cinco e outro de três anos de idade, e, junto da família, organizou uma vaquinha na internet para ajudar com os custos de fraldas e outros gastos com os quíntuplos.

Os bebês vão se chamar Isabella, Madalena, Helena, Enrico e Ravi.

Por se tratar de uma gravidez natural, o caso de Yanike é considerado muito raro. A chance de quíntuplos sem interferência médica é de aproximadamente uma em 60 milhões de partos.

“Gestações de múltiplos são, na maioria, prematuras e trazem riscos associados, como diabetes para a mãe e de perda dos bebês”, explica a médica Enoch Quinderé de Sá Barreto. Segundo a maternidade, a mãe e os bebês passam bem.

A mãe foi internada no fim do ano passado para acompanhamento na unidade de saúde e a equipe médica decidiu pela cirurgia cesariana eletiva após monitorar a saúde de Yanike e dos bebês.

Mais de vinte profissionais participaram do parto e o nascimento foi transmitido no anfiteatro do local para profissionais e estudantes da unidade.

A Maternidade Vila Nova Cachoeirinha é referência em saúde da mulher e atende a uma grande parcela de casos de alto risco envolvendo gestantes.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS