Diário Online
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
BENEFÍCIO

Auxílio de até R$ 3 mil é liberado para chefes de família

A cota extra será destinada 459 mil pais solteiros que receberam as parcelas originais do recurso liberadas entre os meses de abril e agosto de 2020.

quarta-feira, 11/05/2022, 07:38 - Atualizado em 11/05/2022, 07:37 - Autor: Com informações de JC Concursos

Google News

Aplicativo auxílio emergencial do Governo Federal.
Aplicativo auxílio emergencial do Governo Federal. | Marcelo Camargo / agência brasil

O auxílio emergencial confirmou o pagamento de 5 parcelas para um novo grupo de beneficiários. Os cidadãos têm direito a valores que serão pagos pela Caixa Econômica Federal.

Os recursos extras serão quitados mediante Projeto de Lei do Congresso Nacional (PLN 43/2021), aprovado ainda em dezembro, que abre orçamento em benefício do Ministério da Cidadania para realizar pagamentos para pais solteiros e o público do CadÚnico, que ocorrerá nos primeiros meses de 2022.

Restituição: veja como fugir de golpes do Imposto de Renda

A cota extra beneficiará 459 mil homens chefes de família. Os novos pagamentos serão concedidos porque os chefes de família não receberam, assim como as mães solteiras, a parcela dupla do benefício no valor de R$ 1.200, durante a vigência do programa. Os últimos valores a receber do auxílio emergencial poderão ser consultados pelo site do Dataprev por meio de nome, CPF, data de nascimento e nome da mãe.

Os valores liberados pelo Ministério da Cidadania podem chegar a R$ 4,1 bilhões para 1,3 milhões de pais solteiros. O beneficiário poderá sacar a cota extra em até 120 dias após ser depositado na contadigital do Caixa Tem.

ELEGÍVEIS

A lei específica aprovada em julho de 2021, também beneficiou os pais solteiros a receber o valor de R$ 1.200, o que era apenas destinado para as mulheres chefes de família a receber o dobro do valor original do auxílio emergencial.

Apenas terá direito a receber a cota extra quem recebeu as parcelas originais do auxílio emergência em 2020 entre os meses de abril e agosto. Quem passou a receber o benefício após setembro de 2020, não terá direito aos valores.

É elegível para receber a cota extra o homem chefe de família que criava os filhos sozinho no início da pandemia. a parceria pode variar entreR$ 600 e R$ 3.000 a depender dos valores disponibilizados no Caixa Tem.

Valores liberados

l A nova parcela para pais solteiros é retroativa e será variável, podendo depender de quando o beneficiário começou a receber o pagamento.
Veja lista:

l Recebeu as 5 parcelas do auxílio original poderá receber R$ 3.000,00 a mais

l Começou a receber em maio de 2020 vai ter direito a
R$ 2.400,00

l Recebeu a partir de junho de 2020 ganhará R$ 1.800,00

l Recebeu a partir de julho de 2020 terá depósito de
R$ 1.200,00

l Recebeu a partir de agosto/2020 terá
direito a R$ 600

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS