Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
128 MORTES

Buscas por vítimas das chuvas em Pernambuco são encerradas

O corpo da última vítima desaparecida foi encontrado na manhã desta sexta-feira (3). No total, 128 pessoas morreram em decorrência das fortes chuvas que atingiram o estado nos últimos dias.

sexta-feira, 03/06/2022, 12:38 - Atualizado em 03/06/2022, 12:35 - Autor: FOLHAPRESS

Google News

Equipes de buscam encerraram serviços após encontrarem última vítima desaparecida
Equipes de buscam encerraram serviços após encontrarem última vítima desaparecida | Divulgação/Exército Brasileiro

O Corpo de Bombeiros encontrou, na manhã desta sexta-feira (3), o corpo da última pessoa desaparecida após os desastres provocados pelas chuvas em Pernambuco. Com isso, o número de mortos nos recentes temporais no estado subiu para 128.

A última vítima encontrada estava soterrada em um deslizamento na comunidade do Areeiro, em Camaragibe. O corpo de Mércia Josefa do Nascimento, de 43 anos, foi levado para o IML (Instituto de Medicina Legal) para perícias e identificação oficial da vítima. O nome foi informado pelo Corpo de Bombeiros.

Veja também:

BR-316 segue interditada após pista ceder devido a chuva

Chuva fecha maio alagando ruas de Belém. Veja fotos

Nesta sexta, voltou a chover forte no Recife, provocando alagamentos em diversas ruas e avenidas. Até o momento, não há registro de feridos ou vítimas pelo temporal desta sexta.

A tragédia superou as cheias de 1975, quando 107 pessoas morreram no estado. A enchente de maio de 1966 matou 175 pessoas e continua sendo considerada o maior desastre da história de Pernambuco.

Na tragédia de 2022, o número de desabrigados é de 9.302 pessoas, que estão em 111 instituições, como escolas e entidades públicas, de 27 municípios. Campanhas de doação foram abertas para ajudar famílias atingidas.

APLICAÇÃO DE RECURSOS

No Recife, a prefeitura aplicou apenas 17% das verbas disponíveis para urbanização de áreas de risco nos últimos dez anos.

Dentre os R$ 980 milhões disponibilizados para essas ações na Lei Orçamentária Anual do município, enviada à Câmara Municipal a cada ano, apenas R$ 164,6 milhões foram aplicados na área. Os dados constam no Portal da Transparência do município.

DESASTRES CAUSADOS PELA CHUVA

Pernambuco, Bahia, Minas Gerais e Rio de Janeiro tiveram desastres naturais que somaram mais de 400 mortes nos últimos seis meses.

Até a quinta-feira (2), 31 cidades haviam decretado estado de emergência –assim como o governo de Pernambuco.

De acordo com a administração estadual, 51 municípios tiveram algum tipo de prejuízo em consequência das chuvas.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS