Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
EXISTE BOM LADRÃO?

Vítima apela e assaltante devolve celular: "estou pagando"

Situação inusitada ocorreu durante assalto a uma pizzaria, no município de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, na Bahia.

quarta-feira, 03/08/2022, 13:49 - Atualizado em 03/08/2022, 13:49 - Autor: Sales Coimbra, com informações Metrópoles

Google News

Um em um milhão deve ser a probabilidade de ocorrência desse evento
Um em um milhão deve ser a probabilidade de ocorrência desse evento | Reprodução da Internet

O roubo de telefones celulares continua sendo o crime mais frequente no Brasil. Em 2021, foram recebidas 843,3 mil denúncias de furto ou roubo, um aumento de 1,8% em relação a 2020, segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2022. Esses dados representam que mais de 2,3 mil telefones foram levados por criminosos a cada 24 horas - ou que 1,6 aparelho foi subtraído por minuto. O que coloca o celular como o objeto mais roubado no país.

Neste sentido, um evento incomum ocorreu na cidade de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, Bahia, na última terça-feira (2). Um assaltante invadiu o local e rendeu uma funcionária que fazia o atendimento ao público. Ela lhe entregou o dinheiro do caixa e todos os seus pertences, incluindo um smatphone de última geração.

LEIA TAMBÉM:

Vídeo: ladrões invadem casa e ameaçam família de empresário

Câmeras flagram assalto a supermercado no sul do Pará

Antes de sair do estabelecimento, o criminoso decidiu atender aos apelos da vítima, que disse que ainda não havia terminado de pagar as parcelas do aparelho, e devolveu o celular. “É iPhone moço, para que você quer? Por favor, meu celular, moço. Eu estou pagando, por favor", clamou a atendente.

As imagens do circuito interno de segurança da pizzaria mostram que, diante do pedido de "por favor" da mulher, o assaltante devolveu o smatphone, dizendo: "Tá, vai, vai, vai". Apesar da demonstração de empatia, o homem fugiu levando a quantia que estava no caixa.

A gravação também revela que o assaltante não agiu sozinho. Ele chegou ao local em uma moto pilotada por um comparsa. Usando capacete, ele entrou no estabelecimento com a arma em punho, apontando na direção do rosto da funcionária e gritando ameaças.

Em seguida, ela entregou o celular e o dinheiro do caixa. Quando o homem já estava saindo da pizzaria, a atendente fez o pedido desesperado para que ele devolvesse o smartphone, uma vez que ainda não estava quitado. Ele então devolveu o aparelho e ela agradeceu.

Não satisfeito, o ladrão ainda perguntou se havia outro celular no local, ao que a mulher respondeu negativamente. Foi então que o homem subiu na garupa da moto e fugiu com o parceiro, que havia permanecido do lado de fora durante toda a ação.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS