plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 26°
cotação atual R$


home
SEGUE EM RECUPERAÇÃO

Médico sobrevivente de ataque no Rio grava vídeo em hospital

Daniel Sonnewend Proença foi o único sobrevivente do ataque ocorrido na noite de quinta-feira. Ele permanece lúcido e seu quadro clínico é estável.

Imagem ilustrativa da notícia Médico sobrevivente de ataque no Rio grava vídeo em hospital camera O médico afirmou que está tranquilo e que tudo vai dar certo. | Reprodução

O médico ortopedista Daniel Sonnewend Proença, 32, único sobrevivente do ataque a tiros que matou três colegas em um quiosque na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, aparece em vídeo gravado em hospital e diz que está bem.

"Pessoal, to bem viu, tá tudo tranquilo, graças a Deus. Só algumas fraturas, mas vai dar certo. A gente vai sair dessa junto. Valeu pela preocupação, obrigado", diz o médico em vídeo gravado no Hospital Samaritano Barra, para onde foi transferido na noite de quinta-feira (5).

O vídeo foi publicado no final da manhã desta sexta (6) no perfil da jornalista Lu Lacerda em uma rede social.

Em boletim divulgado nesta sexta, o Hospital Samaritano Barra afirmou que Proença seria submetido a avaliações da equipe de cirurgia, além de novos exames de imagem.

Ele permanece lúcido, orientado e seu quadro clínico segue estável, de acordo com o boletim.

CONTEÚDOS RELACIONADOS:

Os quatro médicos estavam na cidade para participar da sexta edição do Congresso Internacional de Cirurgia Minimamente Invasiva do Pé e Tornozelo, que começou na quinta e vai até sábado (7). O evento acontece pela primeira vez no Brasil e reúne mais de 300 médicos do Brasil e de outros países.

O crime aconteceu por volta da 1h, em frente ao Windsor Hotel, área nobre do bairro. Toda a ação durou 27 segundos e foi registrada por câmeras de segurança.

No vídeo, os quatro médicos aparecem sentados em uma mesa do quiosque quando três homens, vestidos com roupas pretas, desceram de um carro branco parado do outro lado da via e começaram a atirar no grupo.

Após balearem os quatro ocupantes da mesa, os criminosos voltaram correndo para o veículo e foram embora sem roubar nada.

Quer mais notícias sobre o Brasil. Acesse o nosso canal no WhatsApp

Foram mortos Marcos de Andrade Corsato, 62, Perseu Ribeiro Almeida, 33, e Diego Ralf de Souza Bomfim, 35, irmão da deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL). Cada um deles foi alvejado por ao menos quatro tiros.

De acordo com o laudo inicial, a maior parte dos tiros atingiu o peito das vítimas -o que reforça, segundo policiais ouvidos pela Folha de S.Paulo, a tese de que foi uma execução.

Segundo afirmou um investigador de polícia à reportagem, Proença não foi atingido por mais disparos, porque a arma do atirador travou. A conclusão ocorreu após a análise de diferentes imagens de câmeras de segurança

Uma das principais linhas de investigação é a de que o ortopedista Perseu Almeida tenha sido confundido com Taillon de Alcantara Pereira Barbosa, 26, acusado de integrar a milícia de Rio das Pedras. Milicianos são criminosos que exploram o comércio local e cobram taxas de segurança ilegais, sob coação.

Além da fisionomia semelhante, Taillon mora em um apartamento localizado a 220 metros do quiosque Nana 2, onde ocorreu o crime, na orla da Barra da Tijuca. Ele conseguiu liberdade condicional no dia 26 de setembro.

No início da madrugada desta sexta, as polícias Civil e Militar encontraram quatro corpos que seriam dos suspeitos de terem assassinado os três médicos.

De acordo com investigadores, os cadáveres estavam em dois pontos distintos da zona oeste -na Gardênia Azul havia um corpo no porta-malas de um carro, já nas proximidades do centro de convenções Riocentro, e outros três estavam em outro veículo.

A polícia apura se o Comando Vermelho matou os suspeitos após terem conhecimento de que eles atiraram em inocentes e o caso ganhar repercussão nacional.

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Notícias Brasil

Leia mais notícias de Notícias Brasil. Clique aqui!

Últimas Notícias