plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 26°
cotação atual R$


home
SENADO

Projeto de Jader desburocratiza apreensão de veículos

De acordo com o texto, o objetivo do projeto de lei, apresentado na última terça-feira (28) pelo senador Jader Barbalho, é evitar transtornos como apreensão de veículos causados por um simples esquecimento.

Imagem ilustrativa da notícia Projeto de Jader desburocratiza apreensão de veículos camera Apreensão gera mais despesas ao proprietário e prejudica os motoristas que utilizam o veículo como instrumento de trabalho a exemplo de caminhoneiros, motoristas de aplicativo ou trabalhadores rurais | Divulgação

O senador Jader Barbalho (MDB) apresentou ontem, 28, um projeto de lei que permite que condutores flagrados dirigindo um veículo que não está com o licenciamento regular, possam quitar os débitos no momento da abordagem por agentes de trânsito.

De acordo com o texto do projeto, o objetivo é evitar a apreensão e remoção do veículo para os depósitos dos órgãos fiscalizadores, “evitando transtornos que, muitas vezes, são ocasionados por um banal esquecimento do cidadão”.

Conteúdos relacionados:

A apreensão, além de gerar mais despesas ao proprietário, acaba prejudicando os motoristas que utilizam o veículo como instrumento de trabalho, como caminhoneiros, motoristas de aplicativo ou trabalhadores rurais.

Quer ver mais notícias do Brasil? Acesse nosso canal no WhatsApp.

De acordo com o texto, o próprio Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece que se a irregularidade puder ser sanada no local da infração, o veículo será liberado e não será removido, tão logo seja regularizada a pendência. Alguns Estados brasileiros como o Rio Grande do Sul (Lei nº 15.514, de 24 de agosto e 2020) e o Acre (Lei 3.933, de 7 de abril de 2022), por exemplo, já permitem o pagamento de multas e débitos relacionados a veículos no momento da abordagem da fiscalização de trânsito.

A proposta de que os débitos possam ser pagos durante operações de fiscalização, inspeção, vistoria ou de abordagem de trânsito, por meio de sistema de pagamento eletrônico, é evitar a remoção do veículo, quando a autoridade constatar, como irregularidade, exclusivamente à falta de pagamento desses débitos.

O senador Jader acentua, no entanto, que a alteração na Lei nº 9.503, vale exclusivamente para a regularização dos débitos, não afastando as demais penalidades previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). “A proposta deste projeto de lei impede apenas a apreensão e a remoção do veículo, não afastando outras penalidades cometidas e autuadas pelos agentes de trânsito”, enfatiza.

Segundo o projeto, o Poder Público deverá disponibilizar equipamentos ou dispositivos móveis que possibilitem a realização do pagamento dos débitos existentes no prontuário do veículo, no ato da abordagem, desde que haja disponibilidade técnica do sistema na ocasião.

A ferramenta ou dispositivo móvel utilizado pelo agente de trânsito ou policial vai permitir o pagamento e a impressão de comprovante com as indicações dos valores pagos e detalhamento do tipo de débito quitado naquele momento.

Além disso, lembra o senador, essa implementação na cobrança dos débitos veiculares existentes na hora da abordagem vai viabilizar o recolhimento mais célere dessas dívidas e a sua desburocratização, além de evitar novos gastos tanto para o condutor/proprietário, quanto para os departamentos de trânsito.

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Notícias Brasil

Leia mais notícias de Notícias Brasil. Clique aqui!

Últimas Notícias