plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 28°
cotação atual R$


home
DESCONTOS

Governo Federal prepara “Desenrola” para pequenas empresas

Estima-se que cerca de oito milhões de empresas podem ser beneficiadas pelo renegociamento de dívidas que está em estudo. Ministro responsável pela área também defende mudanças nas regras do Simples Nacional

Imagem ilustrativa da notícia Governo Federal prepara “Desenrola” para pequenas empresas camera Márcio França, ministro do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte | FOTO: Andre Ribeiro/Thenews2/Folhapress

O ministro do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, Márcio França, anunciou que o Governo Federal está trabalhando em um programa semelhante ao Desenrola, que concedeu descontos para pessoas físicas endividadas, para beneficiar os microempreendedores individuais (MEIs) e as pequenas empresas.

Estima-se que cerca de oito milhões de empresas podem ser beneficiadas pelo renegociamento de dívidas. França destacou que existem aproximadamente seis milhões de MEIs com pendências financeiras junto ao Governo, seja por não pagarem os valores mensais devidos ou por outras formas de débito.

Além disso, há pequenas empresas que contraíram dívidas, muitas das quais enfrentaram problemas com o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), devido ao aumento repentino da taxa básica de juros.

Quer ler mais notícias do Brasil? Acesse nosso canal no Whatsapp!

O Pronampe oferecia créditos com juros mais baixos do que os do mercado, mas muitas empresas enfrentaram dificuldades quando a taxa Selic subiu rapidamente, aumentando os custos financeiros. O ministro ressaltou que cerca de 7% a 8% das empresas que utilizaram o Pronampe estão atualmente endividadas.

SIMPLES NACIONAL

Além do programa de renegociação de dívidas, França defende mudanças nas regras do Simples Nacional, sistema de tributação simplificada para empresas de pequeno porte. Ele propõe o fim do desenquadramento automático quando o faturamento da empresa ultrapassa os limites do Simples.

Atualmente, caso o faturamento exceda os limites estabelecidos, a empresa é automaticamente desenquadrada sendo tributada pelo sistema convencional. O ministro sugere que a tributação diferenciada seja mantida apenas sobre a parte do faturamento que exceder o limite, enquanto o restante permaneça sob o regime simplificado, seguindo uma lógica semelhante ao imposto de renda das pessoas físicas, composto por várias faixas de tributação.

Números e pendências!

6 milhões

Existem aproximadamente seis milhões de MEIs com pendências financeiras junto ao Governo.

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Notícias Brasil

Leia mais notícias de Notícias Brasil. Clique aqui!

Últimas Notícias