plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 25°
cotação atual R$


home
SAÚDE

AVC: saiba quais são os fatores de risco e como prevenir

Hipertensão arterial, obesidade, sedentarismo e diabetes estão entre os fatores de risco

Imagem ilustrativa da notícia AVC: saiba quais são os fatores de risco e como prevenir camera Na imagem, um monitor de pressão de braço. | FOTO: JosÉ Pantoja / Ascom Sespa

No ano de 2022, o Acidente Vascular Cerebral (AVC) foi a principal causa de morte no Brasil. A patologia é uma das principais causas de morte, incapacitação e internações em todo o mundo. Em 2023, o AVC causou o óbito de 109.560 pessoas no país, o que equivale a 12 brasileiros por dia, conforme dados do portal da transparência da Associação de Registradores de Pessoas Naturais (Arpen Brasil).

Neurologista e diretora científica da Rede Brasil AVC, a médica Gisele Sampaio explica que existem dois tipos de AVC: o isquêmico, que ocorre quando falta sangue em alguma área do cérebro, e o hemorrágico, quando há ruptura de uma artéria e o sangue extravasa para dentro do cérebro. “O AVC isquêmico é o mais frequente, responsável por 80% dos casos. Já o hemorrágico é menos frequente e mais grave, em geral porque a mortalidade é maior”, informa a médica.

Pessoas do sexo masculino e com idade avançada têm uma predisposição maior para a doença. Contudo, a neurologista ressalta que, por representar a maior parcela da população e ter mais longevidade, as mulheres também são bastante afetadas. Hipertensão arterial, obesidade, sedentarismo, diabetes e alterações de colesterol estão entre os fatores de risco modificáveis. Significa que é possível tratar para prevenir.

Quer mais notícias de saúde? Acesse nosso canal no WhatsApp!

SINAIS

O atendimento precoce e adequado do paciente que sofre um AVC é imprescindível para que ele não sofra um maior comprometimento em decorrência das sequelas da doença. Mas a neurologista destaca que 90% dos casos podem ser prevenidos desde que os fatores de risco sejam identificados e tratados. “Sobretudo a hipertensão, que é silenciosa. A pessoa precisa tratar diabetes, fazer exercícios, evitar a obesidade e problemas cardíacos. Fazer esse trabalho de prevenção primária vai diminuir a carga de AVC no nossos país. Nos EUA o AVC é agora a quinta causa de morte por causa do trabalho de prevenção”, explica.

Dentre os sinais que podem indicar um AVC estão fraqueza ou formigamento na face, no braço ou na perna, especialmente em um lado do corpo; paralisia súbita de um lado do corpo, confusão mental, alteração da fala ou compreensão; alteração na visão, no equilíbrio, na coordenação, no andar, tontura e dor de cabeça súbita, intensa, sem causa aparente.

“Quanto mais rápido esse paciente chegar ao hospital, maiores serão as chances de devolver uma vida sem sequelas a ele. Há remédios que dissolvem coágulos e há procedimentos para retirar coágulos. Caso não possa ser tratado na fase aguda, o tratamento será a reabilitação com fisioterapia, fonoaudiologia e medicações para que o AVC não ocorra novamente”, detalha a médica.

Saiba mais

Entre os sinais de alerta mais comuns estão fraqueza ou formigamento na face, no braço ou na perna, especialmente em um lado do corpo; confusão mental, alteração da fala ou compreensão; alteração na visão, no equilíbrio, na coordenação, no andar, tontura e dor de cabeça súbita, intensa, sem causa aparente.

Ao suspeitar que alguém esteja tendo um AVC é aconselhável pedir à pessoa para sorrir, observando se um lado do rosto permanece imóvel. Verifique se ela consegue levantar ambos os braços para avaliar se um lado está mais fraco; e solicite que fale uma frase simples (“o céu é azul”) e verifique se apresenta a fala enrolada.

Fonte: Rede Brasil Avc

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Notícias Brasil

Leia mais notícias de Notícias Brasil. Clique aqui!

Últimas Notícias