Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
Notícias Brasil

Deputado quer detector de metais em escolas

segunda-feira, 11/04/2011, 15:35 - Atualizado em 25/04/2019, 20:39 - Autor:

Google News

O deputado Sandro Mabel (PR-GO) disse nesta segunda-feira que um aparelho detector de metais poderia ter ajudado a diminuir as proporções da tragédia na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, no Rio. Ele é autor do Projeto de Lei 496/11, que prevê a instalação do equipamento na entrada de colégios públicos. Por causa da morte das 12 crianças, Mabel pediu urgência na tramitação da matéria.

“Mesmo se o invasor atirasse no segurança, as crianças teriam mais chances de se defender daquele ataque covarde [o atirador Wellington Menezes de Oliveira]”, afirmou o deputado em entrevista ao programa Revista Brasil, da Rádio Nacional. Segundo ele, a proposta surgiu de relatos constantes de professores e alunos, em palestras. “O projeto é simples, mas pelo menos obriga a ter detector de metais nos colégios, se já existisse nessa escola de Realengo, não teria tido um acidente tão grave,” explica Mabel.

Segundo Sandro Mabel o ideal é que além da instalação do detector de metais houvesse um policial armado em cada escola. Para ele, o aparelho não causa constrangimentos. “Quem vai à escola só estudar não terá problema nenhum com o detector de metais, ao contrário, se sentirá mais seguro.”

Para Mabel, é preciso mobilizar pais, professores e autoridades a fim de conter a violência nas escolas. “Todos os dias há casos de alunos levando armas para escola e as pessoas não ficam sabendo, só se discute agora por causa da fatalidade ocorrida em Realengo”, conclui o deputado. (eBand)

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS