Diário Online
HOMENAGENS

Grupo RBA recebe imagem de Nossa Senhora de Nazaré

A missa foi celebrada pelo padre Paulo Falcão, da Igreja de Fátima

segunda-feira, 27/09/2021, 19:21 - Atualizado em 27/09/2021, 19:38 - Autor: Paloma Lobato


Presidente do Grupo RBA de Comunicação, Jader Filho, conduz imagem peregrina durante visita
Presidente do Grupo RBA de Comunicação, Jader Filho, conduz imagem peregrina durante visita | Ricardo Amanajás

É Círio outra vez! O mês de outubro está chegando, e com ele, a época do ano mais aguardada pelos católicos paraenses. Como todos os anos, o Grupo RBA de Comunicação faz homenagens para a padroeira dos paraenses e compartilha com seus colaboradores e funcionários, um momento marcado de emoção e fé. 

Nesta segunda-feira (27), o grupo recebeu a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, em um momento de bençãos e muita esperança. O presidente do Grupo RBA, Jader Filho, conduziu a imagem até o altar montado no auditório, onde uma missa foi celebrada pelo padre Paulo Falcão, da Igreja de Fátima

Os funcionários e a diretoria da RBA aproveitaram a ocasião para estar perto da imagem, o que tem sido privilégio para poucos, por conta da pandemia da covid-19.  

Na ocasião, o padre fez um agradecimento a Deus "por esses dois anos que foram marcados por sofrimento e muita pressão, mas que podemos estar presentes para contar a história". Ele ainda fez um momento de oração pelos familiares, amigos e a todos que partiram vítimas da pandemia. 

 

Padre Paulo Falcão, da Igreja de Fátima, celebrou missa no auditório da RBA
Padre Paulo Falcão, da Igreja de Fátima, celebrou missa no auditório da RBA | Ricardo Amanajás
 

Para Jader Filho, receber a presença de Nossa Senhora traz alegria e muita gratidão para todos que fazem parte do Grupo RBA.  "Nós estamos muito felizes e gratos e pedimos que Nossa Senhora de Nazaré nos abençoe, abençoe todos os funcionários da RBA, todos os paraenses e seus devotos e, se Deus quiser, daqui a pouquinho nós vamos poder ter um Círio normal, tradicional. É isso que a gente torce e pede para que Ela nos derrame saúde, que é o que mais pedimos agora", destaca.  

O vice-presidente da RBA, Camilo Centeno, ressalta a emoção de poder viver mais um Círio, mesmo que de uma forma diferente. "Para nós é um momento muito especial e a gente fala isso com sentimento, principalmente por tudo o que temos vivido nos últimos tempos. Muitas emoções, algumas boas e outras ruins, passaram, mas uma coisa sempre esteve conosco: a fé em Nossa Senhora, ela que é a padroeira dos paraenses católicos".

 

Vice-presidente da RBA, Camilo Centeno, ressaltou a importância da fé em Nossa Senhora
Vice-presidente da RBA, Camilo Centeno, ressaltou a importância da fé em Nossa Senhora | Ricardo Amanajás
 

"Esse é um momento muito especial com muita emoção, muita gratidão. Eu queria, mais uma vez, agradecer por tudo de bom que nós tivemos. Pedir a ela que interceda, junto ao Pai, para que acolha a todos que perdemos nessa pandemia. Que a gente consiga superar, estamos conseguindo. Mais um pouquinho isso tudo vai passar e nós vamos ter o nosso Círio tradicional de volta, com aquele calor, ela sendo homenageada por milhões de romeiros, por todo aquele povo que adora, segue e que está ali junto com ela, junto com o Pai. Um pouquinho disso a gente conseguiu sentir aqui", ressalta Camilo. 

O dia também foi de lembrar de grandes nomes da RBA que partiram vítimas da Covid-19, como o apresentador Ronaldo Porto que, sem dúvidas, se tornou uma das personalidades mais marcantes do Grupo e da comunicação paraense e há mais de 30 anos apresentava o programa especial do Círio da emissora. 

 

Camilo Centeno (à esquerda) e Jader Filho (à direita) conduzem Imagem Peregrina durante visita
Camilo Centeno (à esquerda) e Jader Filho (à direita) conduzem Imagem Peregrina durante visita | Ricardo Amanajás
 

"O Ronaldo era um símbolo pra nós, um ícone que nunca vai se perder aqui dentro. Foram mais de 30 anos fazendo o Círio conosco e o Ronaldo era a cara do Círio. Será um ano muito difícil sem o Ronaldo. A lembrança dele vai estar sempre conosco. Círio e Ronaldo para nós, da RBA, se confundiam. Não dava pra pensar no Círio sem ele. Vai ficar essa marca", destacou Centeno. 

 

|
 


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS