Diário Online
CÍRIO 2021

Com limite de público, Chiquita celebra em novo formato

A tradicional festa que reúne artistas e comunidade LGBTQIA+ ocorre há 43 anos e, nesta edição, vem adaptação aos protocolos de prevenção à covid-19.

sexta-feira, 08/10/2021, 14:22 - Atualizado em 08/10/2021, 14:38 - Autor: Com informações da Agência Belém


O cantor Eloy Iglesias (foto) será uma das atrações do evento
O cantor Eloy Iglesias (foto) será uma das atrações do evento | Divulgação

Diversidade. Cultura. Celebração. Três palavras que formam os pilares da Festa da Chiquita. Considerada uma tradição para os belenenses, a festa profana é uma importante exaltação à diversidade e à cultura e acontece todos os anos nos sábados que antecedem o Círio de Nazaré. 

Com 43 anos de tradição, a Festa da Chiquita foi declarada Patrimônio Cultural Imaterial do Estado do Pará, de acordo com a Lei n° 9.025, de 17 de março de 2020. O evento já foi palco de diversas apresentações e manifestações, sempre destacando artistas paraenses e a comunidade LGBTQIA+.

Imagem da Santinha nas ruas reacende a fé dos paraenses

“É uma festa para todos os povos! A Chiquita de todos os povos é uma corrente de amor contra o negacionismo e o preconceito”, disse Eloy Iglesias, artista paraense e principal atração do evento. 

Em um formato diferenciado devido à pandemia, a Festa da Chiquita este ano será realizada em parceria com a Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel), no Memorial dos Povos. A programação começa às 15h e termina às 21h de sábado, 09 de outubro. 

Para a segurança e saúde de todos, será obrigatório o uso de máscara durante todo o evento e haverá limite de lotação de até 200 pessoas.

Serviço

Festa da Chiquita 2021 Dia 9 de outubro, sábado, no Memorial dos Povos. Av. Governador José Malcher,... A partir de 15h. Uso obrigatório de máscaras.

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS