Diário Online
Notícias / DOL Delas
DOL DELAS

Maquiagem feminina: entre a "obrigação" e a liberdade

Como se sentir livre sem a obrigação de usar maquiagem? Conheça alguns mitos sobre makes e saiba mais sobre a micropigmentação em áreas da face.

sexta-feira, 27/11/2020, 13:33 - Atualizado em 27/11/2020, 13:32 - Autor: Bruna Dias


Priscyane e Bela vivem lados opostos sobre o uso de maquiagem.
Priscyane e Bela vivem lados opostos sobre o uso de maquiagem. | Reprodução

O mercado de cosméticos certamente é um dos mais lucrativos no Brasil. De acordo com a pesquisa de mercado Euromonitor International, o país é o quarto maior mercado de "beleza e cuidados pessoais" do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, China e Japão. Os dados são de um relatório de 2019, relativos a 2018.

Em expansão, o mercado tem se tornado cada vez mais exigente. Preocupados não só com “cobertura” ou textura deixada no rosto com a maquiagem, as consumidoras estão preocupadas também com a qualidade e representatividade do produto.

Além de toda essa preocupação com a saúde da pele, é necessário ainda lidar com os resquícios da “ditadura da beleza”, que exige que as mulheres estejam "sempre impecáveis". Atualmente, contudo, muitas mulheres estão cada vez mais abrindo mão de makes obrigatórias para se sentirem mais livres para usar o tipo de maquiagem que elas mais gostam, ou apenas não usá-las.

MAQUIAGEM DEFINITIVA

Além de vários produtos disponíveis no mercado para uma maquiagem perfeita e para todos os gostos, ainda existem as opções de maquiagem definitiva e de micropigmentação.

Na Micropigmentação, existe uma leve esfoliação na pele. O procedimento atinge a camada mais superficial da pele, a derme. Há ainda menor probabilidade de migração e alteração de cor e a durabilidade média de 1 ano e meio.

Já na maquiagem definitiva, a perfuração é mais profunda na pele. Nela, as chances de migração do pigmento são enormes por causa da profundidade atingida; e geralmente há alteração de cor devido a não utilização da técnica de neutralização. A durabilidade mínima é de 2 anos.

Atualmente, é possível encontrar procedimentos para os olhos, sobrancelhas e para os lábios, que se tornaram a sensação. A micropigmentadora Jessika Benito explica os tipos de procedimentos que podem ser usados na face e como eles agem na pele.

DESPIGMENTAÇÃO

Do outro lado podemos encontrar quem aderiu a essa técnica e não gostou do resultado. Por isso fica o alerta para sempre profissional bom e com referências: pesquise bastante antes de entregar seu rosto aos profissionais!

O processo de despigmentação foi exposto pela influencer Flávia Pavanelli recentemente. No seu perfil no Instagram, ela contou sobre a retirada do procedimento que realizou nas sobrancelhas.

Leticia Brasileiro, micropigmentadora, lida diariamente com pessoas que não gostaram dos resultados que alguns procedimentos deixaram nos seus rostos. Além de realizar o processo de despigmnetação, ela ainda realiza procedimentos de micropigmnetação.

CURSOS DE AUTOMAQUIAGEM

Quem gosta de maquiagem e tem dificuldade em entender os produtos do mercado disponíveis ou sobre as etapas da make, existem diversos cursos de automaquioagens, tanto online quanto presenciais.

Amanda Alcântara, que está há 14 anos no mercado da beleza e 8 como maquiadora, é uma das profissionais que trabalha também atuando em cursos. “O público alvo são as clientes que querem ter noção de como preparar uma maquiagem com seus próprios produtos e é ensinado todas as etapas de uma maquiagem, desde a preparação de pele”, explica.

Para fazer uma maquiagem saudável, bonita, duradoura e básica, é necessário no mínimo 10 produtos, já que a preparação da pele é de suma importância. “Isso garante uma pele mais protegida e que irá segurar os produtos da maquiagem por mais tempo”, disse.

No curso de automaquigem, Amanda ensina dois tipos de estilos de maquiagem, a básica e a make para festa, que tem ensina até a usar o glitter.

NÃO VIVE SEM MAKE

A maquiadora e influencer Bela Reis não vive sem maquiagem, seja uma básica para o dia a dia ou uma mais produzida para a noite. Na sua visão, os seus dois trabalhos pedem maquiagem, e ela sempre aposta em uma make básica, com quase nenhum produto pesado.

Sem abrir mão da pré-maquiagem, que pedem produtos que trazem mais cuidados com a pele, Bela ensina uma make básica para as internautas do DOL.

PELE RESPIRANDO

Se tem quem não vive sem make, há quem ama ficar com a sua pele sem nada. Priscyane Santana é dessas. A publicitária trabalha há mais de 5 anos no universo das influencers, moda e publicidade.

Sempre pressionada a se manter impecável com a aparência, a maquiagem era imprescindível seja para os eventos e compromissos de publis, ou para gravar um story. ”Esse processo se tornou algo sendo nocivo pra mim, chegando ao ponto de não aparecer de forma alguma sem maquiagem,  por insegurança e medo de ser julgada por não estar dentro de  um “padrão “ estético”, desabafou.

Priscyane passou por um processo de análise e autoconhecimento, além de ter entendido mais sobre cuidados com a pele e de aceitação pessoal, o que trouxe uma "libertação" para a profissional.


“Deixar minha pele respirar passou a ser pra mim um conceito pra vida, de que nós mulheres devemos controlar o excesso entre gostar de se maquiar X ser dependente de maquiagem. Hoje, não tenho vergonha alguma de ser encontrada na rua sem maquiagem ou fazer fotos e também fazer stories. Assim como, em um compromisso ou outro, faço uma maquiagem bem legal, para dar aquele UP! Mas bem longe de ser dependente daquilo! “, contou.

Depois de se libertar, a Priscyane usou da sua história para brincar com seus seguidores na web. De forma irônica, ela ensina tutoriais de maquiagens que não devem ser feitos. “São aqueles erros que muitas cometem, a mulherada se identifica comigo e se sente também mais livres dessa pressão! E passam a aparecer com o rosto cada vez mais limpo e sem retoques! O segredo está em: Conhecer os seus pontos fortes e saber realça-los ao seu favor! As vezes você tem um charme que é tão natural seu, que de tanto se deixar levar por incentivos estéticos, acaba perdendo sua própria personalidade! ”, avaliou

“Acredito muito que devemos sempre nos questionar sobre os nossos hábitos e de que forma eles nos tornam dependentes. Se aceitar do jeito que é, além de ser saudável, é um exercício incrível de amor próprio! Assim como também se produzir em ocasiões especiais e causar um super impacto, faz um bem danado para auto estima! “, finalizou Priscyane.

MAKE X PELE SAUDÁVEL

Um rímel, blush e corretivo, existe quem não dispense esses três itens. E para as ousadas, um pó e uma base. Essas seriam as makes rotineiras de muitas mulheres. Mas você já passou para pensar o quanto esses produtos usados todos os dias podem trazer de danos para a pele do rosto?

A intenção é tornar o rosto cada vez mais perfeito e deixar por traz de todos esses produtos a imperfeições de anos de exposições do rosto a produtos químicos. Será que a maquiagem diária traz danos a pele?

“A maquiagem em excesso de quantidade ou de má qualidade, sendo usada todo dia e de maneira inadequada e não sendo retirada, ela pode causar um excesso de oleosidade, acne, irritação na pele, etc. Mas não se pode dizer que existem doenças que são causadas por ela”, explicou Gabriela Foltran, dermatologista do Hapvida.

Dra. Gabriela Foltran, dermatologista do Hapvida.
Dra. Gabriela Foltran, dermatologista do Hapvida. Divulgação
 

A médica enfatiza a máxima que todos deveriam levar em consideração: procure sempre produtos e profissionais da beleza que tenham confiança, pesquise, se informe e coloque sua vontade me primeiro lugar, de usar ou não maquiagem.

Sobre o processo de micropigmentação na face, a dica também é a mesma. Já que de acordo com a dermatologista, os produtos para esses procedimentos não causam danos na pele, já que não são aplicados de forma profunda.

“Se a pessoa tiver aumento de oleosidade ou de acne pelo uso excessivo de maquiagem, existem tratamentos que podem ajudar”, finalizou.

MERCADO

Um dos produtos que tem ganhado bastante destaque são os com composições naturais, o consumidor tem buscado fórmulas que possam agredir menos a saúde da pele.  Uma das marcas que merece destaque é a Natura.

“.A maquiagem de Natura Una utiliza ingredientes da biodiversidade brasileira, que conferem benefícios de tratamento da pele e sensoriais diferenciados. O relançamento da linha em 2019 trouxe itens muito diferenciados, como o batom CC, com fórmula enriquecida com manteiga de cacau que estimula a produção de colágeno e ceramidas de passiflora que restauram, recuperam e hidratam os lábios. Tudo isto com uma cadeira produtiva que privilegia a agricultura familiar e o impacto ambiental e social para as pessoas e a floresta”, explicou Isabela Massola, Diretora de Core Beauty da Natura Brasil.  

Essa linha, inclusive alia o prazer da maquiagem à mais alta tecnologia de tratamento da pele, unindo os melhores ativos da ciência dermatológica com potentes ativos da biodiversidade brasileira para oferecer uma linha de maquiagem que maquia e cuida da pele, ao mesmo tempo. 

Com fábrica em Benevides que atende a sua produção da sua linha de sabonetes, existe uma preocupação em fornecer produtos com fórmulas com ativos naturais, que não prejudiquem o consumidor final, o meio ambiente ou toda a comunidade envolvida no processo de sua produção.

De forma proativa, a Natura faz o bloqueio e proíbe o uso de matérias-primas que coloquem em risco a segurança humana ou ambiental, com um portfólio 100% livre de ameaças à saúde ou à natureza. Ou seja, os produtos são feitos com ingredientes permitidos em regulamentações nacionais e internacionais, e recomendados pelos critérios mais atuais da ciência.

Acompanhando essa busca e necessidade dos consumidores por produtos com ingredientes naturais em suas fórmulas, a Natura através de pesquisas, tem se atentado ao mercado e buscado cada vez mais oferecer produtos com “tendência de beleza natural”, que trata cada consumidor como único.

Como sugestão para uso, fica produtos da linha Natura Una que possui ingredientes de origem natural em suas fórmulas, que têm produção sustentável.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS