Notícias / Marabá
HOMICÍDIO QUALIFICADO

Jovem bêbado provoca acidente e deixa dois mortos em Marabá

No total, a colisão envolveu três veículos e quatro pessoas ficaram feridas

segunda-feira, 18/01/2021, 21:37 - Atualizado em 18/01/2021, 21:37 - Autor: Alessandra Gonçalves/RBA TV


Imagem ilustrativa da notícia: Jovem bêbado provoca acidente e deixa dois mortos em Marabá
| Reprodução

Já está em liberdade o jovem Arthur Lima Gonçalves, de 21 anos, acusado de causar um acidente na tarde de domingo (17), na BR-222, entre São Félix e Morada Nova, em Marabá. A colisão resultou na morte de um homem e de uma criança de apenas 6 anos. Outras quatro pessoas ficaram feridas, duas delas estariam internadas em estado grave. 

• Colisão entre ônibus e carro deixa trânsito congestionado na Júlio César. Acompanhe em tempo real

A vítima fatal Wasnor Gomes de Oliveira, o Zóim, de 30 anos, morreu ainda no local. Em outro veículo, estava a pequena Valentina Miranda de Araújo Resende, junto a familiares e também faleceu instantaneamente. 

Segundo informações levantadas pela polícia, Arthur Lima Gonçalves dirigia uma caminhonete Amarok, branca, perdeu o controle do veículo, na “curva da morte”, próximo ao residencial Tiradentes, invadiu a contramão e atingiu dois carros, causando uma tragédia.

Wasnor Gomes dirigia um dos veículos, que foi atingido pela caminhonete. A filha e a esposa dele foram levadas para o Hospital Municipal de Marabá. “Foi uma tragédia que vitimou e traumatizou várias famílias aqui em Marabá, a que tudo indica pelas evidências colhidas, uma pessoa embriagada estaria transitando em uma velocidade incompatível com a via até mesmo pela brutalidade do acidente”, informou o diretor da 21ª Seccional de Polícia Civil, o delegado Vinícius Cardoso.

A Polícia Militar esteve no local e flagrou Arthur Lima Gonçalves com latas de cerveja no interior do veículo. Ele se negou a fazer o teste do bafômetro, mas foi submetido a exame no Instituto Médico Legal de Marabá. “Ele se recusou a se submeter ao teste do etilômetro, popularmente conhecido como bafômetro, foi encaminhado do IML e um médico perito constatou sua embriagues por exame clínico, por aparência”, explicou o delegado.

O condutor foi autuado em flagrante por homicídio qualificado, em razão da embriaguez ao volante, bem como pelas lesões corporais, provocada nos outros ocupantes. Nesta segunda-feira (18), ele foi submetido a uma audiência de custodia e a justiça concedeu liberdade provisória ao jovem.

O juiz Marcelo Andrei Simão Santos, condicionou a liberdade provisória, após o pagamento de fiança no valor de R$ 50.600,00. O magistrado estabeleceu uma série de medidas cautelares para colocá-lo em liberdade. 

SEPULTAMENTO

O corpo de Wasnor Neto foi sepultado no Cemitério de Murumuru, localizado a 6 km de Morada Nova. Durante o trajeto, dezenas de amigos caminhoneiros e motociclistas acompanharam a última homenagem prestada a vítima.

Leia também:

• Bares e restaurantes têm horário de funcionamento reduzido em Marabá

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS