Notícias / Mundo-Notícias
INCOMUM

Especialista alerta para a língua de covid, um novo sintoma do coronavírus

Enquanto a covid-19 se espalha pelo mundo, novos sintomas são frequentemente relatados nos pacientes com a doença

quinta-feira, 14/01/2021, 16:07 - Atualizado em 14/01/2021, 16:12 - Autor: Com informações de Mirror.co.uk


Um médico fez a postagem nas redes sociais sobre o novo sintoma
Um médico fez a postagem nas redes sociais sobre o novo sintoma | Reprodução

O professor Tim Spector, especialista em infecções, alertou o mundo sobre um novo sintoma causado pela doença do novo coronavírus: a “língua de covid”. O número de pessoas que estão sofrendo com o tal sintoma estão aumentando, segundo informações do jornal britânico Mirror.

O especialista revelou o estranho sintoma da covid em uma postagem em uma rede social na quarta-feira (13). Ele também usou a postagem no Twitter para exortar o público a ficar em casa se não estiver se sentindo bem - mesmo que seja apenas um caso de fadiga.

"Uma em cada cinco pessoas com Covid ainda apresenta sintomas menos comuns que não aparecem na lista oficial de PHE - como erupções cutâneas”, disse o professor.

O epidemiologista do King's College London, que chefia o estudo do Covid Symptom Study App, disse que uma em cada cinco pessoas ainda tem indicadores menos comuns.

"Vemos um número crescente de ‘línguas de Covid’ e úlceras bucais estranhas. Se você tiver um sintoma estranho ou apenas dor de cabeça e fadiga, fique em casa!". Tim também tuitou uma imagem horrível de como pode ser a aparência da 'língua de Covid'.

Gabriel Scally, médico e presidente de epidemiologia e saúde pública da Royal Society of Medicine, disse ao tablóide The Sun que o vírus pode produzir "efeitos em uma ampla gama de sistemas do corpo".

"Os sintomas na boca foram descritos há algum tempo em associação com Covid-19”, afirmou Gabriel.

Certas doenças que afetam o sistema imunológico podem atacar a língua, causando alterações, incluindo dor, descoloração, inchaço ou uma textura estranha. Outros problemas podem resultar de condições subjacentes.

Problemas de língua também podem ser o resultado de má higiene bucal, tabagismo ou uma dieta pouco saudável.

As úlceras bucais são muito comuns e podem ser causadas por uma série de coisas, incluindo comida ou bebida quente, medicamentos, estresse, alterações hormonais ou deficiência de vitaminas.

As pessoas agradeceram rapidamente ao Professor Spector nos comentários da publicação.

"Sim! É bom ver os sintomas menos divulgados aqui. Nem todo mundo se apresenta com aqueles que ainda são tidos como marcadores definitivos. Ainda há tantas incógnitas. Sinto que precisamos adotar uma mentalidade de: Em caso de dúvida, verifique”, disse um internauta.

Outro comentário dizia: "Informações muito úteis. Gostaria que houvesse uma comunicação e instruções muito melhores sobre toda a gama de sintomas”.

O aplicativo Covid Symptom Study, desenvolvido pela ZOE e usado pela KCL para pesquisas, está sendo usado por milhões de pessoas em toda a Grã-Bretanha para relatar se têm sintomas de Covid e se foram testados para a doença.

Ajuda os especialistas a identificar sintomas comuns em pessoas com resultado positivo no teste de Covid, bem como rastrear o tamanho do surto.

Dores, dor de garganta , diarreia, conjuntivite, dor de cabeça, perda de paladar ou olfato, erupção cutânea e descoloração dos dedos das mãos ou dos pés são todos listados como sintomas menos comuns de coronavírus pela Organização Mundial de Saúde.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS