Diário Online
Notícias / Mundo-Notícias
MÉXICO

Terremoto destrói parte do “hotel do Chaves”, em Acapulco

Estruturas da entrada do Hotel Emporio desabaram sobre carros. Local foi gravado um dos mais iconicos episódios do seriado mexicano escrito e protagonizado por Roberto Gomez Bolaños

quarta-feira, 08/09/2021, 10:53 - Atualizado em 08/09/2021, 11:52 - Autor: DOL (com informações do Serviço Sismológico do México)


Autoridades confirmam pelo menos uma morte em decorrência dos tremores no estado de Guerrero
Autoridades confirmam pelo menos uma morte em decorrência dos tremores no estado de Guerrero | Reprodução

Se você assistiu à televisão aberta no Brasil nos últimos 37 anos, certamente lembra de seu Madruga deslumbrado à beira da piscina: "Moça bonita, moça formosa, moça bem-feita!". Também lembra da canção Boa noite, vizinhança, cantada no pôr-do-sol à beira mar: "Até que chegou a aurora e nos surpreendeu". O clássico episódio "Vamos Todos a Acapulco", do seriado Chaves, foi gravado no Hotel Emporio, em 1977 e até hoje faz parte do nosso imaginário.

Contudo, as notícias vindas do país da América do Norte não são das melhores sobre o local. Parte da estrutura do hotel de luxo foi destruída por um terremoto de magnitude 7,1 que teve o epicentro próximo ao balneário de Acapulco.

O tremor ocorreu nesta terça-feira (7), às 20h47 (22h47 no horário de Brasília), com epicentro a 11 quilômetros a sudoeste de Acapulco, no estado de Guerrero, de acordo com o Serviço Sismológico Nacional. Até as 5h de 8 de setembro, no horário mexicano, haviam sido registradas 150 réplicas do terremoto.

Estruturas na entrada do hotel Emporio, perto das portas giratórias onde Chaves se atrapalhava para entrar, desabaram sobre carros. O Centro de Alerta de Tsunamis, da Marinha mexicana, descartou a possibilidade de ondas gigantes na região.

HOTEL E GRAVAÇÕES DO CHAVES

As filmagens do seriado Chaves ocorridas em 1977 fizeram do hotel um dos mais conhecidos de todo o México. Até hoje, milhares de fãs que vão a Acapulco fazem do edifício um ponto obrigatório: tirar foto na porta giratória onde o menino órfão se atrapalhou virou praxe. 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS