Diário Online
Notícias / Mundo-Notícias
FEMINICÍDIO

Idoso toma Viagra e mata esposa após ela recusar sexo

Em sua defesa, o assassino disse que ela teria prometido fazer sexo com ele na noite de Natal, mas mudou de ideia.

sexta-feira, 31/12/2021, 18:26 - Atualizado em 31/12/2021, 18:26 - Autor: Com informações Istoé


Estimulante sexual, Viagra
Estimulante sexual, Viagra | REPRODUÇÃO

Um italiano, de 80 anos, está sendo acusado de ter matado a esposa Natalia Kyrychok, de 61, a facadas após ela prometer fazer sexo com ele na noite de Natal, mas mudar de ideia e recusar depois que ele tomou um estimulante sexual, o conhecido como Viagra. O caso aconteceu no sábado (25), em Fanano di Gradara, na Itália.

De acordo com as investigações da polícia local, após a recusa da mulher, Vito Cangini discutiu com ela e a acusou de traição. Na sequência, ele a esfaqueou e deixou o corpo ensanguentado no chão. Depois, foi para cama dormir.

Ainda segundo a policia, na manhã seguinte, Vito teria tomado café da manhã e levado o cachorro para passear como se nada tivesse acontecido. Mais tarde, depois de um segundo passeio com o cão, ele ligou para o restaurante onde a mulher trabalhava.

Na ligação, o homem afirmou ao dono que ele nunca mais veria Natalia, que era cozinheira no local há dois anos. “Sei que algo está acontecendo entre vocês dois”, disse o idoso ao proprietário.

O dono do restaurante acionou a polícia, que logo foi até a casa do suspeito. No local, os agentes encontraram o corpo da vítima com pelo menos quatro facadas, incluindo uma no coração.

Diante disso, o idoso foi preso e a arma do crime foi apreendida. A investigação está em andamento.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS