Diário Online
Notícias / Negócios
DINHEIRO NO BOLSO

FGTS: resgate número do Pis para pode sacar até R$ 1 mil

O número é fundamental para consultar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Com ele, o trabalhador pode saber se tem até R$ 1.000 para sacar, de acordo com a autorização concedida pelo governo federal por meio de medida provisória.

terça-feira, 03/05/2022, 18:48 - Atualizado em 03/05/2022, 18:47 - Autor: Com informações Isto É Dinheiro

Google News

O dinheiro é liberado conforme o mês de nascimento
O dinheiro é liberado conforme o mês de nascimento | Agência Brasil

O valor guardado no FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) é um direito dos trabalhadores que estão empregados formalmente, isto é, com carteira assinada. Esse valor geralmente é sacado em algumas situações específicas, como aposentadoria, demissão sem justa causa e compra da casa própria.

Leia também

Veja quem ficará sem o pagamento automático do FGTS 2022

Em março, o Governo Federal publicou medida provisória liberando o saque extraordinário do que está retido no Fundo. Para verificar o valor que pode ser sacado, o trabalhador precisa informar o numero do PIS (Programa de Integração Social), através do site ou do aplicativo do FGTS, o valor a ser sacado cai automaticamente no aplicativo do Caixa Tem.

Para quem não sabe o numero do PIS, ele pode ser obtido na Caixa Econômica Federal, na Carteira de Trabalho Digital, no aplicativo FGTS , no aplicativo Caixa Trabalhador, no aplicativo Caixa Tem, no portal Meu INSS e nos telefone 135 ou 0800-7260207.

Através das consultas, o trabalhador pode saber se tem direito disponível para saque até R$ 1.000,00 do FGTS, valores e data para retirar o dinheiro.

Serão mais de R$ 30 bilhões liberados para mais de 40 milhões de trabalhadores. Em maio, podem fazer o saque extraordinário do FGTS os trabalhadores nascidos em março, abril, maio, junho, julho, agosto e setembro.

Todos os trabalhadores com saldo em contas ativas ou inativas do FGTS podem sacar o dinheiro, mesmo o trabalhador desempregado ou trabalhando informalmente.

Veja o calendário:

Nascidos em janeiro – 20 de abril

Nascidos em fevereiro – 30 de abril

Nascidos em março – 4 de maio

Nascidos em abril – 11 de maio

Nascidos em maio – 14 de maio

Nascidos em junho – 18 de maio

Nascidos em julho – 21 de maio

Nascidos em agosto – 25 de maio

Nascidos em setembro – 28 de maio

Nascidos em outubro – 1º de junho

Nascidos em novembro – 8 de junho

Nascidos em dezembro – 15 de junho

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS