Diário Online
Notícias / Notícias Pará
ALIMENTAÇÃO

Carne bovina acumula aumento de 30% em um ano no Pará 

quarta-feira, 02/09/2020, 08:21 - Atualizado em 02/09/2020, 08:30 - Autor: MIchelle Daniel/Diário do Pará


O acúmulo dos reajustes está além da inflação calculada nesse período, que não chegou a 3%.
O acúmulo dos reajustes está além da inflação calculada nesse período, que não chegou a 3%. | Agência Brasil/Arquivo

Não é de hoje que a carne bovina se tornou uma proteína cara para os paraenses. Somente ao longo dos últimos 12 meses, os consumidores do Estado pagaram cerca de 30% a mais. O acúmulo dos reajustes está além da inflação calculada nesse período, que não chegou a 3%. Os dados são do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socieconômicos (Dieese/PA).

Na variedade do tipo chã, cabeça de lombo e paulista, por exemplo, o quilo da carne em julho do ano passado custava, em média, R$ 20,69, enquanto que no mês de julho deste ano, o alimento era comercializado, em média, a R$ 26,85, o quilo. Ainda de acordo com o Dieese/PA, ao longo dos primeiros 7 meses deste ano, a variação foi de – 4,85%, ou seja, houve uma queda que se limitou a poucos centavos de diferença. No entanto, em 12 meses, a variação no reajuste do alimento foi de 29,77%.

Leia mais:

Os 'novos' dias de aula dos alunos. Veja o que mudou na rotina escolar!

Simão Jatene é declarado inelegível após votação na Alepa

Segundo o Departamento, as informações são levantadas com base em pesquisa realizada em açougues, feiras, mercados e supermercados da capital paraense. “Mesmo com as quedas de preços observadas em alguns meses deste ano no quilo da carne bovina, no balanço comparativo de preços dos últimos doze meses o produto ainda apresenta alta significativa e com reajustes bem acima da inflação”, afirma o economista Roberto Sena, supervisor técnico do Dieese/PA. As pesquisas foram realizadas juntamente com a Secretaria Municipal de Economia (Secon).

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS