Diário Online
Notícias / Notícias Pará
VEJA O VÍDEO

 "Véio da Havan" detona Belém após inauguração de loja

Segundo Hang, com sete dias de inaugurada, a loja "foi alvo de bandidos pichadores".

sexta-feira, 16/10/2020, 12:40 - Atualizado em 16/10/2020, 12:40 - Autor: Diário Online


Luciano Hang fez um vídeo, mostrando que a loja em Belém "foi alvo de bandidos pichadores".
Luciano Hang fez um vídeo, mostrando que a loja em Belém "foi alvo de bandidos pichadores". | Reprodução

O empresário Luciano Hang, dono das Lojas Havan, usou as redes sociais para fazer uma desabafo após a inauguração polêmica da sua loja em Belém. 

Segundo Hang, com sete dias de inaugurada, a loja na capital paraense "foi alvo de bandidos pichadores". 

"Véio da Havan" faz funk para dizer que está “tudo ok” com o país

Caso de polícia! Havan em Belém é fechada por crime e representante da loja será levado para a delegacia

"É lamentável este tipo de atitude. São pessoas que gostam de tudo sujo e desorganizado. Será que é assim na casa deles? É muito triste ver que existe gente que destrói o que é dos outros sem motivo algum. Mesmo assim, não vamos desistir", disse o empresário.

Imagens da inauguração da Havan em Belém chocam com a superlotação

Silvio Santos faz aparição surpresa em inauguração de loja da Havan em Belém

Ainda de acordo com Luciano Hang, "o muro já está sendo limpo e será quantas vezes for necessário". Ele afirma ainda, que irá "colocar câmeras e identificar esses bandidos".

Hang finaliza pedindo ajuda para denunciar os autores da pichação. "Se você sabe quem é o autor deste crime, denuncie no: 0800 765 5571. Vamos fazer com que esses pichadores sejam responsabilizados pelos seus atos", pede ele. 

Veja o vídeo:

Ver essa foto no Instagram

É lamentável este tipo de atitude. Nossas 150 lojas espelham nosso conceito de limpeza, organização e beleza. Buscamos o melhor para os nossos clientes em todos sentidos. Com 7 dias de loja inaugurada, a Havan de Belém foi alvo de bandidos pichadores. São pessoas que gostam de tudo sujo e desorganizado. Será que é assim na casa deles? É muito triste ver que existe gente que destrói o que é dos outros sem motivo algum. Mesmo assim, não vamos desistir. O muro já está sendo limpo e será quantas vezes for necessário. Vamos colocar câmeras e identificar esses bandidos. Se você sabe quem é o autor deste crime, denuncie no: 0800 765 5571. Vamos fazer com que esses pichadores sejam responsabilizados pelos seus atos. Conto com vocês! . . . #lucianohang #véiodahavan #crime #pichação #denúncia #havan

Uma publicação compartilhada por Luciano Hang (@luciano.hang) em

CASO DE POLÍCIA

Vale lembrar que a inauguração da loja foi alvo de denúncias, por causar aglomeração e tumulto em meio a pandemia da Covid-19. No local não tinha qualquer tipo de fiscalização por parte da Prefeitura de Belém, que o órgão responsável, para evitar a situação.

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) informou que "o estabelecimento foi notificado pelo não cumprimento das regras de distanciamento social previstas pela Organização Mundial de Saúde (OMS)". O gerente da loja também foi conduzido para prestar esclarecimentos, na Seccional da Marambaia, pelo não cumprimento das regras previstas pela OMS.

De acordo com a rede varejista Havan, a loja foi fechada em comum acordo com as autoridades para reduzir o movimento.

Relembre:



Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS