Notícias / Notícias Pará
AÇÃO CONJUNTA

Barco é recuperado em menos de uma hora após furto em Belém

A ação resultou do trabalho conjunto dos agentes do Gflu com a Delegacia de Polícia Fluvial

quinta-feira, 21/01/2021, 12:32 - Atualizado em 21/01/2021, 12:32 - Autor: ( com informação da Agência Pará )


Agentes do Grupamento Fluvial em ação que recuperou a embarcação
Agentes do Grupamento Fluvial em ação que recuperou a embarcação | Foto: Pedro Guerreiro / Ag. Pará

Agentes do Grupamento Fluvial (Gflu), com a ajuda da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), e da Delegacia de Polícia Fluvial (DPFlu), conseguiram recuperar um barco em menos de uma hora após o furto, nesta última quarta-feira (20). O barco foi encontrado próximo à Ilha da Barra, na área insular de Belém, sem ninguém no interior.

Denominada "SY", a embarcação mede oito metros de comprimento por 1,3 metro de altura, e pertencente a uma empresa localizada em Belém. O barco estava ancorado no porto do empreendimento, na Baía do Guajará. De acordo com informações obtidas pela polícia, duas pessoas avistaram uma dupla saindo com a embarcação por volta de 3 horas da madrugada, mas pensaram que ambos eram funcionários da empresa. Pela manhã, após a chegada dos demais trabalhadores, foi constatado o furto.

Há suspeita de que após o ato criminoso a embarcação tenha encalhado e os dois acusados a abandonaram antes de um flagrante. Materiais de pesca e combustível que estavam no interior do barco não foram levados.

Segundo o titular do Gflu, Arthur Braga, a embarcação foi encontrada à deriva. "Assim que foi tomado conhecimento do ocorrido foram acionados a DPFlu e os agentes do GFLu que estavam em deslocamento no sentido Breves-Belém. O comandante que seguia viagem tendo como ponto de partida a cidade marajoara (Breves) informou que havia visto a embarcação encalhada, e que, muito provavelmente, após terem encalhado os envolvidos temeram ser encontrados pela fiscalização, que é sempre presente nos rios, e decidiram abandonar o barco", informou o diretor.

BARREIRA PREVENTIVA

O GFlu integra também a força-tarefa montada para garantir a fiscalização nos portos e nas embarcações de passageiros entre os estados do Pará e Amazonas, a fim de impedir a entrada de pessoas oriundas do Estado vizinho em território paraense, como medida preventiva à proliferação da Covid-19.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS