Diário Online
Notícias / Notícias Pará
SEU BOLSO

Quilo do frango aumentou até 31% na Grande Belém

A variação do aumento percentual no preço no acumulado em 2020 ficou entre 21% na ave congelada.

sexta-feira, 22/01/2021, 07:54 - Atualizado em 22/01/2021, 08:08 - Autor: Alexandre Nascimento


Frango congelado terminou o ano passado vendido a mais de R$ 9
Frango congelado terminou o ano passado vendido a mais de R$ 9 | Fernando Araújo

O preço do quilo do frango, tanto resfriado como congelado, está mais caro nas maiores redes de supermercado de Belém, de acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos no Pará (Dieese/PA). Segundo a pesquisa, que envolveu as marcas Americano e Avispará, a variação do aumento percentual no preço no acumulado em 2020 ficou entre 21% na ave congelada, enquanto que a alta do produto resfriado ficou em quase 31% a mais.

O Dieese-PA pesquisou inicialmente as duas marcas de frango na condição de resfriado, e ambas apresentaram alta nos preços. Em janeiro de 2020, o quilo da ave da marca Americano foi vendido a R$ 7,66 e terminou sendo vendido em dezembro ao custo de R$ 9,69, que equivale a alta de 30,42%. Já a marca Avispará também registrou alta no primeiro mês do ano passado e teve o quilo vendido a R$ 7,50 e terminou o ano sendo comercializado a R$ 9,32, aumento de 29,09%.

A pesquisa incluiu também o quilo do frango congelado das mesmas marcas e, novamente, apresentaram alta nos preços. A ave da Americano, por exemplo, teve alta acumulada em 2020 de 21,59% e foi vendida em dezembro do ano passado a R$ 8,11. O quilo do frango da Avispará teve alta de 18,88% em todo o ano de 2020 e terminou o ano vendido ao preço de R$ 8,02.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS