Diário Online
Notícias / Notícias Pará
Mistério

Mãe paraense busca filho raptado pelo pai

Silvana Raniere mora em Belém e conseguiu a guarda definitiva da criança na Justiça, na última semana.

segunda-feira, 17/05/2021, 18:06 - Atualizado em 17/05/2021, 18:49 - Autor: DOL com informações do Metrópoles


Silvana Raniere e o filho João Raniere Nogueira.
Silvana Raniere e o filho João Raniere Nogueira. | Reprodução

Um apelo de uma mãe paraense está sensibilizando paraenses e pessoas de várias partes do Brasil. Ela pede ajuda para encontrar o filho, identificado como João Raniere Nogueira, de 7 anos, após ele ser raptado pelo o pai.

Silvana Raniere, de 36 anos, mora em Belém e conseguiu a guarda definitiva da criança na Justiça, na última semana. Antes disso, a pai da criança tinha a guarda provisória há um ano e meio.

“Em janeiro deste ano, ele levou meu filho para o Amapá sem a minha autorização ou da Justiça. Nesse tempo, apenas no mês de abril consegui contato por telefone meu filho. Quando ele soube que eu ganhei a guarda, ele sumiu. Já foram até no emprego dele, mas informaram que ele pediu licença desde a última sexta-feira”, relata a mãe da criança, em entrevista ao DOL.

Ainda de acordo com Silvana, um oficial de Justiça foi até o endereço que o homem residia com a criança, em Macapá, para entregar a notificação, porém ele não estava no local com a criança. Pertences pessoais do pai e do garoto também sumiram, segundo a mãe. 

Após o sumiço, a mãe de João Raniere começou uma campanha nas redes sociais para buscar informações sobre o filho. 

"Meu menino é lindo, dócil e amoroso e o pai se evadiu com ele em Macapá, Estado do Amapá no extremo norte do Brasil, região fronteira com outros países. Apelo para a solidariedade e peço uma corrente humanitária de ajuda com divulgação, informações e preces, pois sabemos de casos escabrosos envolvendo pessoas sem equilíbrio emocional e sem respeito às leis de Deus e dos homens. Quero meu filho de volta!. Apesar de já estar com meus direitos garantidos pela justiça, com a guarda unilateral, não pude passar o Dia das Mães com meu filho! De maneira sorrateira e inescrupulosa o pai sumiu no mundo com a criança.  Peço que me ajudem a encontrar meu filho para que os laços sejam restabelecidos, a justiça seja feita e minha fé na humanidade seja recuperada, pois o algoz tem cúmplices que o estão acobertando neste descalabro.. Se você ver ele em qualquer lugar entre em contato comigo através do 91 98313-2311. Eu suplico em nome de Jesus", escreveu Silvana nas redes sociais. 

De acordo com informações do portal Metrópoles, a Justiça do Amapá expediu um mandado de busca e apreensão do menino e avisou à Polícia Federal, responsável pelas fronteiras.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS