Diário Online
Notícias / Notícias Pará
IMUNIZAÇÃO

Quem se vacina nesta terça em Belém, Ananindeua e Marituba

Os municípios seguem vacinando os grupos prioritários

segunda-feira, 17/05/2021, 20:20 - Atualizado em 17/05/2021, 20:20 - Autor: Paloma Lobato


Vacinação seguem em grupos diferentes nos municípios
Vacinação seguem em grupos diferentes nos municípios | Reprodução/Ricardo Amanajás

A vacinação contra a Covid-19 segue sendo realizada na Região Metropolitana de Belém. A capital paraense, além dos municípios de Ananindeua e Marituba continuam aplicando as doses dos imunizantes nos grupos prioritários.

Ananindeua

Nesta terça-feira (18), o município de Ananindeua segue com seu calendário de vacinação contra a Covid-19. Podem receber a primeira dose da vacina quem tem 46 anos ou mais com comorbidades, grávidas, puérperas (até 45 dias após o parto) e pessoas que tenham síndrome de Down com 18 anos ou mais. 

A campanha de vacinação de Ananindeua está sendo realizada em nove Igrejas distribuídas pelo município, na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jaderlândia e no posto Drive-Thru localizado na Unama BR 316, sempre das 08h às 13h. Para receber a primeira dose do imunizante é necessário apresentar o RG, CPF e comprovante de residência de Ananindeua, além do documento com comprovação da Comorbidade (Receita médica com até 3 mês de validade ou laudo médico com até 3 anos de validade). 

Marituba

O município segue imunizando idosos a partir de 65 anos com a segunda dose da vacina e pessoas com comorbidade em todos os postos de saúde de Marituba.

Para o público com comorbidade, serão vacinadas pessoas com idade entre 18 e 59 anos que possuam Doenças Renais Crônica, Obesidade Mórbida, Síndrome de Donw, Imunodeprimidos, Diabetes, Hipertensão, Anemia Falciforme, Arritmias Cardíacas, Cardiopatias, Cor-pulmonale, Doenças cerebrovascular, dispositivos cardíacos implantados, doenças reumáticas Imunomediadas, Doenças da Aorta, Fistulas Arteriovenosas, Insuficiência Cardíaca, Miocardiopatias, Pneumopatias, Próteses vasculares, Síndromes coronárias e Valvopatia.

Para se imunizar contra a Covid-19, basta a pessoa seguir ao posto de saúde de Marituba mais próximo da sua residência portando os seguintes documentos: RG, CPF, cartão SUS, comprovante de residência. Quem possui algum tipo de comorbidade, deve apresentar original e cópia de laudo, prescrição ou receita médica.

Segue a lista das unidades de saúde:

1. UBS decouville - Rua Antônio Maria de Brito, 10

2. UBS Nossa Senhora da Paz - Rua da divisa S/N

3. Usf José Coelho - Rua da sagre S/N

4. USF Haifa Gabriel - Rua Antônia Armando S/N

5. USF Betânia - passagem Cametá S/N

6. USF riacho doce - Rua dos Navegantes S/N

7. USF São João - Rua João Marinho S/N

8. USF SÃO FRANCISCO - Rua da cerâmica S/N

9. USF Nova Marituba -  lot imperial S/N

10. USF Adalúcio calado -  praça Jarbas passarinho S/N

11. USF Uriboca -  Rua do Uriboca.

12. USF União - Rua São Francisco S/N

13. USF Bela Vista - Rua São José S/N

14. USF SANTA LÚCIA -  Rua Alfredo calso, pass 20 de setembro, 08

15. USF Celina Lameira - Rua São Francisco S/N

16. USF Santa Clara -  Rua Paula Roberta S/N

17. U.S.F. CRISTIANO TORRES -  Rua Boulevard das Águas S/N

18. USF PRS. José Arimatéria - Rua Canaã - S/N

19. USF Manoel Paiva - Trav. 8º - Quadra 8, 13 (Agrovila São Pedro)

Belém

Na capital paraense, serão vacinados profissionais da saúde, forças de segurança e ribeirinhos da Ilha do Combu. Serão destinadas 295 doses para o Conselho Regional de Medicina para a imunização de médicos, que receberão a segunda dose, também serão encaminhadas 60 doses para a imunização de odontólogos.

Os membros da força de segurança receberão a primeira dose no Comando Geral dos Bombeiros. Para este grupo foram destinadas 365 doses. Além deles, 76 funcionários da área da saúde da Unidade Básica do Marco serão imunizados com a segunda dose da vacina e 59 funcionários da saúde do Instituto de Assistência do Estado do Pará vão receber a primeira dose.

Na Ilha do Combu, serão imunizados com a primeira dose ribeirinhos de 43 a 59 anos com comorbidades; seguidos das grávidas e puérperas e moradoras da ilha. Para este público serão destinadas 100 doses para as grávidas e 33 para as puérperas.

A Sesma adiantou que na quarta-feira (18), será a vez dos enfermeiros e técnicos de enfermagem serem vacinados.

O cronograma completo com o quantitativo e locais de vacinação deste grupo prioritário ainda está sendo fechado pela área técnica da Sesma.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS