Notícias / Notícias Pará
COVID-19

Municípios do Pará entram em alerta para cepa indiana

Dois casos estão sob suspeita no município de Primavera, nordeste paraense. Marabá e Parauapebas também monitoram de perto a situação sanitária devido à proximidade com o Maranhão, onde já há confirmação da nova variante.

domingo, 23/05/2021, 12:05 - Atualizado em 23/05/2021, 12:05 - Autor: DOL com informações A Voz do Xingu


Imagem ilustrativa da notícia: Municípios do Pará entram em alerta para cepa indiana
| Reprodução

O Governo do Estado do Maranhão confirmou os primeiros casos de covid-19 provocados pela variante B.1.617, detectada originalmente na Índia. No Pará, dois casos estão sob suspeita no município de Primavera, nordeste paraense.

Covid-19: terceira onda pode estar próxima e ser mais letal

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Primavera, a equipe de monitoramento Coronavírus recebeu chamados de dois pacientes com casos suspeitos de síndrome gripal, com relatos de dor de garganta febre, coriza, tosse e cefaleia. Um teste rápido para Covid-19 apontou o resultado como reagente.

Na investigação do histórico dos pacientes, foi relatado que estavam no estado do Maranhão nos últimos 10 dias tendo suposto contato indireto com tripulantes do Navio MV Sandong da Zhi

A suspeita dos casos Pará e confirmação dos casos no Maranhão, colocam em alerta os outros municípios. Como é o caso Rondon do Pará, Abel Figueiredo e Bom Jesus do Tocantins, que ficam na divisa com o Maranhão. Os municípios já estão sendo monitorados para possíveis novos casos de contaminação pela nova cepa indiana.

Os município de Marabá e Parauapebas, no sudeste paraense, também devem ficar em alerta, já que o trem de Passageiros da Estrada de Ferro Carajás faz o percurso Carajás-São Luís.

Através de nota, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) informou que a fiscalização de portos e aeroportos é competência federal.

Com relação ao trajeto de Marabá para o Maranhão, a Secretaria informou que compete às Vigilâncias Sanitárias Municipais a fiscalização das empresas que estiverem sob sua jurisdição. A Vigilância em Saúde da Sespa já emitiu nota a todos os municípios com orientação sobre a necessidade de reforço das fiscalizações e ações sanitárias.

Aos municípios que fazem divisa com o Maranhão, a Sespa enviou mais testes de COVID-19 para a rápida identificação e adoção de medidas necessárias.


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS