Diário Online
Notícias / Notícias Pará
FEMINICÍDIO

Acusado de matar mulher em Belém é condenado a 26 anos

A vítima foi assassinada com uma facada no coração, em julho de 2020, dentro de um lava-jato localizado na avenida Gentil Bittencourt, no bairro de São Brás, em Belém.

quarta-feira, 02/06/2021, 17:10 - Atualizado em 02/06/2021, 17:35 - Autor: Diário Online


lan Douglas Ferreira Soares, de 29 anos, está sendo julgado pelo crime de feminicídio.
lan Douglas Ferreira Soares, de 29 anos, está sendo julgado pelo crime de feminicídio. | Divulgação/TJPA

O Brasil ocupa hoje a 5ª posição no ranking mundial em feminicídio, que é o assassinato de uma mulher pela condição de ser mulher, segundo dados do Mapa da Violência 2015 - ONU.

Nesta quarta-feira (02), o réu Alan Douglas Ferreira Soares, de 29 anos, foi julgado pelo crime de feminicídio. Ele assassinou a esposa Evilane Bessa com uma facada no coração, em julho de 2020, dentro de um lava-jato localizado na avenida Gentil Bittencourt, próximo à travessa 3 de maio, no bairro de São Brás, em Belém. 

O júri aconteceu na 1ª Vara do Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJPA) e foi presidido pelo juiz Edmar Pereira. Na promotoria de Justiça atuou o promotor Rui de Almeida Barboza, e a defesa do réu ficou a cargo do defensor público Domingos Lopes Pereira.

Durante o julgamento, o réu confessou o crime e alegou que cometeu o ato após uma discussão com a companheira, quando ele teria sido ameaçado e caluniado. Ele alegou que, no calor da discussão, desferiu uma facada e que, ao ver a mulher sangrando, socorreu a vítima e depois foi pra casa de uma tia, por temer retornar pra casa da irmã da vítima, onde o casal morava. 

Os jurados votaram pela condenação de Alan Douglas Ferreira Soares a 26 anos de prisão em regime inicial fechado, sendo mantida a prisão do condenado por já se encontrar preso. A pena inicial era de 28 anos, porém foi reduzida em dois anos por ele confessar o crime.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS