Diário Online
Notícias / Notícias Pará
EDUCAÇÃO

Jader celebra Unifesspa e pede apoio às universidades

Para o senador, que contribuiu com emendas que viabilizaram na construção de laboratório da universidade do Sul e Sudeste do Pará, o momento é de dar apoio às instituições, que perdem recursos a cada ano

quinta-feira, 10/06/2021, 11:25 - Atualizado em 10/06/2021, 11:24 - Autor: Luiza Mello/De Brasília


Bloco de Laboratórios que está sendo construído no campus de Marabá, com recursos de emendas do senador Jader
Bloco de Laboratórios que está sendo construído no campus de Marabá, com recursos de emendas do senador Jader | Reprodução

O orçamento federal destinado ao ensino superior tem decrescido sistematicamente nos últimos dez anos. O risco de um colapso nas 69 instituições de ensino superior tem sido uma das principais preocupações do senador Jader Barbalho (MDB-PA), que busca apoiar, por meio de indicações de emendas parlamentares, e reforçar o orçamento anual dessas instituições no Estado do Pará. Nesse mês de junho, quando a mais nova delas comemora oito anos de existência, o parlamentar faz um alerta à sociedade brasileira sobre a realidade e as consequências da lei orçamentária sobre as instituições federais de ensino.

Um levantamento da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) mostrou que as universidades públicas tiveram corte de R$ 1 bilhão em seu orçamento para 2021. Segundo a organização, a baixa prejudica o avanço da ciência no país. A verba faz parte dos gastos discricionários, que mantém as instituições funcionando, como água, luz e infraestrutura. Segundo a Andifes, houve um corte de pelo menos 18% em relação ao orçamento de 2020. Com isso, 69 universidades federais do país serão impactadas pela redução.

E com toda essa crise, a caçula das universidades federais paraenses completa esse mês oito anos de criação. O senador Jader Barbalho recebeu convite para participar no próximo dia 14 das solenidades em comemoração da criação da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa). Os eventos, que se estendem por todo o mês, serão realizados por via remota. Com sede e foro no município de Marabá, a universidade foi criada no dia 6 de junho de 2013, como desmembramento da estrutura da Universidade Federal do Pará (UFPA) em Marabá.

Covid-19: quase 124 mil pessoas não tomaram 2ª dose

A Unifesspa nasceu como universidade multicampi, sendo constituída pelo campus de Marabá (sede) e os campi de Rondon do Pará, Santana do Araguaia, São Félix do Xingu e Xinguara. Sua área de abrangência alcança ainda os 39 municípios da mesorregião do Sudeste paraense, além de potencial impacto no Norte do Tocantins, Sul do Maranhão e Norte do Mato Grosso. “Entendo que é nossa responsabilidade não apenas comemorar os oito anos de criação da nossa Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, que foi um movimento suprapartidário de toda bancada federal paraense, mas também manter uma mobilização junto ao governo federal para que essas instituições permaneçam fortes e continuem proporcionando aos nossos jovens o direito ao ensino superior gratuito e de qualidade” ressaltou o senador na mensagem ao corpo acadêmico, servidores e alunos da Unifesspa.

LABORATÓRIOS

O senador Jader Barbalho contribui, desde 2019, com recursos para a construção do Bloco de Laboratórios Multidisciplinares do campus de Marabá da Unifesspa. O novo bloco, que vai abrigar 17 laboratórios, em uma área total de mais de dois mil metros quadrados, contará ainda com espaço de apoio administrativo e acadêmico, onde funcionará a secretaria e o almoxarifado para a guarda dos reagentes químicos.

Presidente da Argentina diz que brasileiros saíram da selva

Os recursos para início das obras foram viabilizados, via emenda parlamentar feita pelo senador ao Orçamento Geral da União em 2019, com valor inicial de R$ 1 milhão. Mais R$ 1 milhão em 2020 e novamente 1 milhão em 2021. O senador lembra que o novo bloco de laboratórios terá o importante papel de beneficiar e induzir o ensino e o trabalho de pesquisa científica e cursos de extensão. O investimento atende a uma demanda de modernização do ensino superior.

“Nesses espaços, pelo menos, mil alunos vão ocupar, diariamente, laboratórios de qualidade. Eles poderão se preparar para atividades técnicas, produzir pesquisas e organizar ações de extensão junto à sociedade. É para mim uma enorme satisfação poder contribuir com a formação de pesquisadores e profissionais de alta capacidade. É uma honra contribuir para a produção científica dos nossos estudantes paraenses”, comemorou o senador Jader, ao parabenizar todos aqueles que fazem da Unifesspa uma universidade modelo para o país.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS