Diário Online
Notícias / Notícias Pará
ECONOMIA

Dia das Crianças aquece comércio em Belém

A menos de uma semana da data comemorativa, lojistas do centro da capital paraense comemoram o bom movimento e projetam vendas melhores do que em 2020, quando a pandemia ainda estava em alta no Brasil

quarta-feira, 06/10/2021, 08:52 - Atualizado em 06/10/2021, 08:55 - Autor: Pryscila Soares


Ivanir da Silva comprou brinquedos para doar a crianças carentes
Ivanir da Silva comprou brinquedos para doar a crianças carentes | Ricardo Amanajás

No próximo dia 12 será celebrado o Dia das Crianças, uma das datas que mais aquecem as vendas no setor de comércio. Em Belém, os comerciantes já observam um aumento maior na procura em comparação com o ano passado, quando o paraense vivia o auge da pandemia da Covid-19. A corrida pelos presentes começou e deve esquentar nos próximos dias.

Há lojas que trabalham com vendas no atacado e varejo, já que a data também costuma ser um momento de gestos de solidariedade e isso significa compras de brinquedos em maior volume e com preços mais atrativos. É o caso de uma loja situada na travessa 15 de Novembro, onde Paulo Roberto Silva atua como gerente administrativo. Há opções de brinquedos que variam a partir de R$ 1,99 até mais de R$ 300. “Desde o mês passado começou a procura. A gente vende por atacado para lojistas do interior, de todos os bairros de Belém, Ananindeua, Marituba, Baixo Amazonas. Está muito melhor o movimento este ano. Sem comparação, porque ano passado a pandemia diminuiu a quantidade de clientes. Tem cliente que estava há mais de um ano sem aparecer aqui. Mas graças a Deus está melhorando”, garantiu.

Por outro lado, a má notícia é que os aumentos nos produtos foram generalizados. “Teve alteração de preço nos brinquedos, tudo aumentou em cerca de 50%. E diminuiu muito a aquisição, devido os salários continuarem os mesmos. Os brinquedos populares que saem mais são carrinhos a partir de R$ 5. Aí tem bonecos, bonecas. Tem gente que compra todo ano para doar. Essa semana aqueceu mais o movimento. Mas sempre no dia que antecede a data é mais movimentado”, disse.

DOAÇÃO

Na igreja onde a secretária Ivanir da Silva Pereira, 50, congrega ocorre uma mobilização para doação de brinquedos. E ontem Ivanir esteve no comércio pesquisando os preços dos produtos para doar no Dia das Crianças. “Vou comprar brinquedos para doar, para atender algumas localidades com a ação da igreja. Os preços aumentaram muito. Mas no comércio ainda é melhor do que em outras lojas. Pretendo comprar brinquedos a partir deR$ 15 em diante”, explicou.

Acompanhada da neta Geovana, 6 anos, a diarista Angela Santiago, 47 anos, também foi ao comércio fazer a costumeira pesquisa de preços para não deixar passar a data em branco. “A gente faz um esforço para dar presente. Ela já começou a pedir. Tudo o que vê quer. Agora está tudo mais caro que no ano passado. Tem que apertar muito o orçamento para comprar. Mas a data é uma vez ao ano e ver a tua criança rindo e feliz já é confortante. Vou gastar até R$ 50 com o presente”, comentou.

CONFIRA OS PREÇOS DE BRINQUEDOS À VENDA NO CENTRO COMERCIAL

- Boneca New Born R$ 118,95

- Boneca Litlle dolls R$ 64,97

- Kit cozinha R$ 145,59

- Carrinho de plásticoR$ 22,30

- Robô Zeus R$ 54,47

- Boneco coleção implacáveis R$ 39,98

- Pistola lança dardosR$ 26,98

- Carrinho para meninaR$ 333,78

- Skate R$ 34,32

- Bola de basquete R$ 18,19

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS