Notícias / Notícias Pará
REPERCUSSÃO

Procon fiscaliza venda de cabeça de peixe em supermercados

Fiscalização constatou que a informação que circulou nas redes sociais não é verdadeira e a comercialização atende às regras da fiscalização sanitária

sábado, 09/10/2021, 19:03 - Atualizado em 09/10/2021, 19:03 - Autor: AG.PARÁ


Fiscais do Procon em ação de fiscalização em supermercado nesta sexta-feira (8), a iniciativa teve a parceria do Ministério Público
Fiscais do Procon em ação de fiscalização em supermercado nesta sexta-feira (8), a iniciativa teve a parceria do Ministério Público | Gerlando Klinger / Ascom SEJUDH

Depois de circular em redes sociais que redes supermercadistas de Belém estariam vendendo carcaça de peixe para consumo, o Procon e o Ministério Público do Estado fiscalizaram nesta sexta-feira (8) a venda do produto em um supermercado para verificar se há irregularidades na comercialização.

Os fiscais do Procon Pará e do MPE averiguaram preços, notas fiscais dos produtos e questões sanitárias. Além da parte de venda de peixes congelados e in natura, as equipes entraram no frigorífico de armazenamento do pescado.

O coordenador de fiscalização do Procon Pará, Rodrigo Moura, afirmou que todos os produtos da parte de peixaria da rede Formosa estão em consonância com a legislação vigente. “Foram verificados que todos os peixes que têm procedência por meio da nota fiscal e registro nos órgãos de inspeção sanitária e não detectamos a venda de espinhaço, além das boas práticas de fabricação estão dentro dos padrões exigidos pelas fiscalizações sanitárias”, afirmou.

Veja também!


A fiscalização foi acompanhada pelo gerente geral do supermercado, Mávio Melo, que ressaltou às equipes que todas as lojas da rede vendem o produto e que não é composto por carcaça de peixe. “O que nós vendemos são aparas, como as ventrechas, o rabo e a cabeça. Produtos que todos os dias têm uma grande saída dentro das lojas”, esclareceu.

O Procon é vinculado à Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh). 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS