Diário Online
Notícias / Notícias Pará
LUTO

Morre o cartunista paraense Biratan Porto, aos 71 anos

Ao longo de mais de 40 anos de carreira no humor gráfico, artista publicou oito livros e recebeu 23 prêmios

quarta-feira, 10/11/2021, 13:37 - Atualizado em 10/11/2021, 17:49 - Autor: Augusto Rodrigues


Biratan publicou charges por 23 anos ininterruptos no jornal A Província do Pará
Biratan publicou charges por 23 anos ininterruptos no jornal A Província do Pará | Reprodução - Facebook

O cartunista Ubiratan Nazareno Borges Porto, o Biratan, uma das referências no desenho de humor no Brasil, morreu na manhã desta quarta-feira (10). A informação foi confirmada por familiares do artista. Ele tratava um câncer.

Biratan nasceu em Belém, no 29 de outubro de 1950. Formado em Propaganda pela Universidade Federal do Pará, foi cartunista profissional por mais de 40 anos. Entre 1978 e 2001, publicou, diariamente, suas charges no jornal “A Província do Pará”.

 

| Biratan Porto
 

Ao longo de sua carreira, Biratan recebeu 23 prêmios, sendo três no exterior. No seu currículo constam vitórias em exposições em Buenos Aires, Berna (Suíça), Heist (Bélgica), Piracicaba (São Paulo), Caratinga (Minas Gerais), Rio de Janeiro, Teresina (Piauí), Recife (Pernambuco) e outros.

 

| Biratan Porto
 

"Pacto no Tucupi" charges, 1981; "Suingue,Suor e Lábias" humor erótico, 1988; "Biratan verde de Raiva" humor ecológico, 1991; "Soltando as Hienas" cartuns canalhas, 1993; "Sexo, Sexy, Seculorum" cartuns eróticos,1999; "Cadê o Verde que estava aqui?" livro ecológico infantil, 2004; "O Verde no Vermelho" cartuns ecológicos, 2004; "Caricaturas de Letra" – 2011; e ““Biratan, Um Traço no Tempo - 40 anos de humor & Artes visuais”, 2020.

 

| Biratan Porto
 

Biratan foi o idealizador do Salão Internacional de Humor da Amazônia, que teve dez edições, de 2008 a 2018.

“É uma perda irreparável para a imprensa paraense. Ao lado de J. Bosco e Paulo Emanoel, formava o triunvirato do humor crítico no Pará”, lamentou o jornalista Mauro Neto, editor executivo do DOL.

“Chargista premiado no mundo inteiro, jornalista, escritor…Companheiro de A Província…Simplesmente Biratan Porto. Segue em paz, querido”, postou a jornalista Ruth Rendeiro, nas redes sociais.

Os familiares do artista ainda não divulgaram informações sobre o velório e sepultamento de Biratan Porto.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS