Diário Online
Notícias / Notícias Pará
MONITORAMENTO

Escolas de Belém emitem mais de mil alertas de covid

O balanço foi divulgado na última segunda-feira (29) e aponta dados de escolas públicas e privadas

quarta-feira, 01/12/2021, 13:38 - Atualizado em 01/12/2021, 15:27 - Autor: Com informações da Prefeitura de Belém


Imagem ilustrativa da notícia: Escolas de Belém emitem mais de mil alertas de covid
| Divulgação/ Agência Belém

Com o retorno das aulas presenciais, o monitoramento dos alunos que regressaram às salas das escolas é fundamental para que a saúde de todos seja preservada. 

A Prefeitura de Belém, divulgou na última segunda-feira (29), o balanço do monitoramento de casos da covid-19 nas escolas da rede municipal após o retorno das aulas presenciais. 

O monitoramento realizado pelo Projeto Guardiões apontou que, ao longo dos 73 dias, foram emitidos 1.049 alertas de casos suspeitos em 58 escolas. Inicialmente,  todos foram contatados pela equipe de enfermeiros e técnicos de enfermagem da Sesma, para ser iniciada a investigação epidemiológica e dada a orientação quanto ao isolamento e acompanhamento por 14 dias, de acordo com os protocolos de vigilância do Ministério da Saúde contra a covid-19. 

Dos alertas recebidos, a investigação epidemiológica indicou 111 casos, que preenchiam os critérios para a coleta das amostras para realização do teste de RT-QPCR. As amostras biológicas dos casos suspeitos foram coletadas em domicílio pela equipe da Sesma e encaminhadas para análise no Laboratório Central (Lacen). Dos 111 casos testados, 76, isto é 68,5% dos casos, tiveram resultados negativos para o novo coronavírus (Síndrome Respiratória Aguda Grave - Sars-Cov-2). 

LEIA TAMBÉM:

Pará tem 180 mil trabalhadores de volta ao mercado

Vídeo: PM recupera carro roubado de motorista em Belém

De acordo com as análises, 17 casos deram positivo para a covid, o que corresponde a 15,3% das amostras coletadas. Dos casos positivos, 14 são de trabalhadores da educação e 3 estudantes. Os casos confirmados estão em acompanhamento e evoluíram sem a necessidade de internação. Estão aguardando a liberação de resultado 18, ou seja, 16,2% dos casos suspeitos.

Rede privada

No mesmo período do monitoramento, foram registrados surtos que ocorreram em escolas que não integram o Projeto Guardiões e integram a rede privada de ensino da capital. 

Foram confirmados casos em uma escola privada de ensino fundamental e médio, que emitiu alerta à Sesma apenas quando 15 estudantes já apresentavam quadro de saúde suspeito à doença. 

Ao final da investigação, foram confirmados 12 casos em turmas do primeiro ano, três nas do segundo ano e dois casos no ensino fundamental, sendo um destes identificado como infecção pela variante Delta (AY.4).

Outro surto ocorreu em uma unidade de ensino fundamental bilíngue, que também não participa do Projeto Guardiões. O alerta foi emitido somente sete dias após o aparecimento do primeiro caso. A investigação confirma 13 casos da covid-19 entre crianças. 

A Sesma reforça que todos esses casos confirmados foram acompanhados pela equipe epidemiológica e evoluíram sem a necessidade de internação.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS