Diário Online
Notícias / Notícias Pará
PREPARAÇÃO

Belém aguarda chegada de vacinas para imunizar crianças

Crianças de 5 a 11 anos foram incluídas, nesta quarta-feira (5), pelo Ministério da Saúde no Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19

quarta-feira, 05/01/2022, 23:06 - Atualizado em 05/01/2022, 23:06 - Autor: DOL


Vacinação do público infantil contra a Covid foi aprovada pela Anvisa em dezembro do ano passado
Vacinação do público infantil contra a Covid foi aprovada pela Anvisa em dezembro do ano passado | Bruno Cecim/Agência Pará

De um lado, o mundo atinge recordes de novos casos da Covid-19, do outro, testemunhamos uma sequência de ações de combate ao novo coronavírus, a exemplo da vacinação, realizadas exaustivamente na tentativa de frear seu avanço, o que tem dado certo, visto a média de mortes que apresentou queda expressiva no último levantamento feito nessa semana.

Para fortalecer esse cenário positivo resultante da aplicação dos imunizantes, um novo público-alvo foi inserido no Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19 no país: crianças entre 5 e 11 anos de idade. O anúncio, feito pelo Ministério da Saúde, acontece em meio à pressão de especialistas, prefeitos, secretários de Saúde e governadores, que já cobravam agilidade do governo federal.

Entre as autoridades, o prefeito de Belém Edmilson Rodrigues que aproveitou, nesta quarta-feira (5), para divulgar atualizações do cronograma vacinal. O comunicado foi feito através do perfil pessoal do gestor no Twitter que, apesar de não ter estabelecido uma data, afirmou que a imunização para esse novo público estará garantida.

+ Novo recorde: Mundo alcança 2,59 mi de casos de Covid em 24h

“Seguindo com nosso compromisso em defesa da vida, iniciaremos a imunização das crianças de 5 a 11 anos em Belém tão logo cheguem as vacinas, prometidas pelo Ministério da Saúde ainda para o mês de janeiro”, disse.

A vacinação do público infantil contra a Covid-19 foi aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) há quase três semanas, em 16 de dezembro de 2021. Para a tomada de decisão, a agência analisou um estudo feito com 2.250 crianças que comprovou que o imunizante da Pfizer é seguro e eficaz, com benefícios que superam os riscos.

LEIA TAMBÉM:

Covid: Governo não exigirá receita para vacinar crianças

Intervalo de vacina para crianças será de 8 semanas

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS