Diário Online
Notícias / Notícias Pará
DENÚNCIA

Turistas emporcalham Algodoal com festas de réveillon

Publicação mostra a quantidade de resíduos deixados pelos visitantes que estiveram na virada de ano

quinta-feira, 13/01/2022, 16:22 - Atualizado em 13/01/2022, 16:22 - Autor: Redação


Lixo é resultado do turismo predatório na região
Lixo é resultado do turismo predatório na região | Reprodução

A ilha de Maiandeua fica localizada no município de Maracanã, no litoral paraense. É um dos locais preferidos para quem diz gostar de natureza e praia, mas alguns não parecem gostar tanto assim.

Uma série de fotos mostrando a sujeira em Algodoal, localidade que fica na ilha, foi publicada pelo perfil Algodoal Magia no Facebook. De acordo com a publicação, este é o resultado das festas de fim de ano, quando muitos turistas vão ao local, no litoral paraense. 

“Dias pós réveillon e Algodoal se encontra assim, vocês conseguem ver a gravidade do problema?”, escreveu o perfil na legenda da postagem. “Não adianta os garis recolherem o lixo e a @prefeiturademaracana simplesmente esquecer o mesmo no Porto”, alfineta a denúncia.

Além de apontar falta de fiscalização dos órgãos responsáveis, a denúncia ataca principalmente os visitantes mau educados. “Respeito todos os turistas, menos os que não tem consciência de cuidar do seu lixo, que não tem um pingo de sensibilidade com o meio ambiente, à esse tipo de "visitante" meu total repúdio!”, diz a descrição da publicação.

“Chega de TURISMO PREDATÓRIO, precisamos de COLETA SELETIVA, GESTÃO DE RESÍDUOS e PROJETOS VOLTADOS PRA CONSCIENTIZAÇÃO E PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE da ILHA, @prefeiturademaracana queremos lixeiras na nossa Ilha, isso é o básico e não é feito”, diz a denúncia.

As fotos foram feitas pelo usuário do Facebook Eraldo Ferreira. De acordo com a descrição do perfil, ele mora em Algodoal e fez as imagens na quarta-feira (12).


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS