Diário Online
Notícias / Notícias Pará
HOSPITAL METROPOLITANO

Com show circense, crianças internadas voltaram às aulas

Evento com música, show de mágica e circo foi programado para celebrar a volta às aulas dos alunos/pacientes da Classe Hospitalar.

terça-feira, 22/03/2022, 18:22 - Atualizado em 22/03/2022, 18:22 - Autor: Com informações da assessoria

Google News

Criado em 2009, em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), a Classe Hospitalar do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE) oferece atendimento educacional especializado, no leito e em sala, com assessoramento pedagógico, para crianças que cursam do ensino infantil até o 9º ano do ensino fundamental.

Desde a implantação na unidade, a Classe Hospitalar do Metropolitano já ofereceu educação para quase oito mil crianças em tratamento. “O nosso objetivo é fazer com que essas crianças sejam integradas ao ambiente escolar para que não percam esse vínculo, ainda que dentro de um hospital. Estamos cumprindo o nosso papel”, diz Leonice Cardoso, coordenadora da Classe Hospitalar.

Nesta terça-feira (22), as crianças que estudam na Classe Hospitalar do Metropolitano, em Ananindeua, voltaram às aulas em um evento marcado por muita diversão, com direito a show circense, mágica e música.

Em um circo montado na entrada principal da unidade hospitalar, criada pelo Governo do Pará e gerenciada pela Pró-Saúde, mais de 15 crianças internadas na ala pediátrica do HMUE, vítimas de politraumas ou queimaduras, participaram da atividade.

 

| Divulgação/Pró-Saúde
  

Antes do início da programação lúdica, houve apresentação dos professores da Classe, diretores e membros voluntários.

O diretor hospitalar do Hospital Metropolitano, Thiago Zaché, afirmou que “a missão do hospital é, além de salvar vidas, acolher essas crianças e permitir a continuidade dos seus estudos, com mais de alegria”.

Ana Clara, de cinco aninhos, internada para o tratamento de uma queimadura, aprovou a atividade. “Foi muito legal brincar com o palhaço”, comentou.

A mãe da menina, Nilviane Nascimento, 35, diz que ver a filha sorrindo novamente é o melhor presente que ela poderia ganhar. “Minha filha voltando a sorrir depois de tanto sofrimento é o meu combustível. Ela estava ansiosa para conhecer o palhaço e esteve pertinho dele hoje. Gratidão a todos!”, declarou.

A alegria das crianças e adultos ficou por conta do conhecido palhaço Anselmo Valente de Azevedo. “Como artista, eu fico muito feliz em trazer um pouco mais de alegria para essas crianças. Sinto que é uma missão cumprida e, claro, elas merecem”, afirma o palhaço. Os profissionais Fábio Martins, mágico, e André Andrade, cantor, também comandaram a festa.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS