Diário Online
Notícias / Notícias Pará
HORROR

Homem é preso por estuprar a própria filha no Marajó

A mãe da adolescente sabia de toda a situação e obrigava a menor a fazer uso de anticoncepcionais para evitar engravidar do pai

quinta-feira, 05/05/2022, 18:16 - Atualizado em 05/05/2022, 18:53 - Autor: Paula Marrocos com informações de Marcos Onias

Google News

Gleisiarte Martins dos Santos abusava da filha desde que ela tinha oito anos
Gleisiarte Martins dos Santos abusava da filha desde que ela tinha oito anos | ( Reprodução )

Um homem foi preso, acusado de estuprar a própria filha, no município de Breves, na ilha do Marajó, no  Pará. Segundo informações de Policiais da Superintendência Regional de Polícia Civil (Sudepol), que efetuaram a prisão. 

Carro capota com mãe e filha em estrada do Pará

Ainda segundo a polícia, a menina de apenas 14 anos já sofria os abusos há pelo menos seis anos. A adolescente chegou na escola em que estuda, nesta quarta-feira (04), chorando muito o que deixou os professores em alerta. Ao ser indagada sobre o que estaria acontecendo, a menor alegou que estava sofrendo abusos sexuais por parte de seu pai.

A adolescente também revelou que fazia uso de anticoncepcionais, sem nenhuma prescrição médica, obrigada pela mãe Nalzani Oliveira, que sabia de toda situação. Segundo a menina, o medo da genitora era de que ela engravidasse do próprio pai.

Com a denúncia feita pela jovem, a coordenadora do estabelecimento de ensino acionou o conselho tutelar, que levou o caso à polícia. Com isso, a menina foi levada para realizar exames, que comprovaram os abusos sofridos por ela. 

Leia também:

Flagrados com amantes, PMs sofrem acidente com viatura

Criminosos usam a fé em esquema de pirâmide no Pará e Minas

Com a confirmação, a polícia realizou imediatamente a prisão de Gleisiarte Martins dos Santos, que estava em sua residência no momento da abordagem. Na casa também foi encontrado o anticoncepcional que a jovem era obrigada a usar.

O acusado foi conduzido e apresentado imediatamente na Unidade Policial do local e, agora, está à disposição da justiça.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS