Diário Online
Notícias / Notícias Pará
SANTA CASA DO PARÁ

Governo entrega sede de Central de Transplantes do Pará

Há 24 anos em atividade, pela primeira vez, a Central funcionará em um prédio exclusivo à regulação e captação de órgãos no Pará.

segunda-feira, 20/06/2022, 17:55 - Atualizado em 20/06/2022, 17:51 - Autor: Agência Pará

Google News

A Central de Transplantes do Pará fica em um prédio exclusivo na Santa Casa de Misericórdia.
A Central de Transplantes do Pará fica em um prédio exclusivo na Santa Casa de Misericórdia. | Edilson Teixeira /Ascom Sespa

O governador Helder Barbalho entregou, nesta segunda-feira (20), na Santa Casa de Misericórdia do Pará a construção de novos espaços em diversas áreas da unidade. Uma das obras realizadas foi a criação de uma sede própria para a Central de Transplantes do Pará. Há 24 anos em atividade, pela primeira vez, a Central funcionará em um prédio exclusivo à organização, regulação e captação de órgãos e tecidos a serem doados no Pará.

"A Santa Casa é motivo de orgulho para toda a sociedade paraense e fico muito feliz de entregar esse espaço. Temos uma das equipes mais qualificadas do Brasil, e nosso trabalho é para que os espaços físicos acompanhem a excelência do nosso pessoal. Que possamos usar com plenitude esse novo local", declarou o governador, durante a entrega da sede.

Helder Barbalho conversou com a equipe da Central de Transplantes do Pará sobre o importante trabalho realizado pelo time da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

A construção da sede foi realizada em uma parceria da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará com a Sespa, com o custo de R$ 463.960,94. Presente na inauguração do novo espaço, o secretário de Saúde do Estado, Rômulo Rodovalho, celebrou a entrega do prédio: "É muito oportuno e importante que a Central de Transplantes funcione próximo a um centro transplantador, que é o caso da Santa Casa. Quando falamos de transplante de órgãos, a rapidez do bom trabalho é fundamental e essa sede vai nos ajudar a realizar de forma ágil e competente todas as etapas que envolvem essa delicada operação. Essa inauguração marca uma nova etapa dos transplantes de órgãos no Pará", afirmou.

Também presente na inauguração da sede, Ierecê Miranda, a coordenadora da Central de Transplantes do Pará falou sobre a importância do novo espaço: "Além de ser um reconhecimento da relevância do programa de transplantes de e órgãos e tecidos no estado, essa sede permitirá um crescimento do nosso trabalho. Agora temos uma estrutura adequada conforme ditado pelo regulamento técnico de transplantes vigentes no país. Teremos funcionando aqui todos os departamentos que uma central de transplantes necessita, inclusive uma sala exclusiva e moderna para guarda dos órgãos entregues para a equipe", declarou.

Ierecê falou sobre as possibilidades que a nova sede traz para a equipe de transplantes do estado: "Já temos projetos adiantados de implementação de novas modalidades de transplantes que ainda não podiam ser oferecidos no Pará. Nossa localização será muito importante para realizar parcerias importantes com a Santa Casa do Pará. Além disso, nossa sede servirá de base para nosso time multiprofissional ter uma área de maior abrangência de atuação. Como muitos hospitais não possuem comissão de doação, será nosso trabalho trazer a vivência da doação de órgão para essas unidades. Trabalharemos dentro dessas unidades na identificação de potenciais doadores e acolhimento das famílias".

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS