Diário Online
Notícias / Notícias Pará
IBGE NO PARÁ

Censo 2022: coleta domiciliar inicia nesta segunda-feira (1)

No Pará, são mais de 6 mil recenseadores executando a coleta em cerca de 2 milhões de domicílios em todos os municípios. No Pará, são mais de 6 mil recenseadores executando a coleta em cerca de 2 milhões de domicílios em todos os municípios

segunda-feira, 01/08/2022, 13:56 - Atualizado em 01/08/2022, 13:55 - Autor: DOL, com informações IBGE

Google News

Belém é o município com maior número de residências a serem visitadas no Pará
Belém é o município com maior número de residências a serem visitadas no Pará | Divulgação IBGE

Nos próximos três meses, os recenseadores do  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) visitarão 89 milhões de endereços em todo o país, sendo 75 milhões de residências, das quais cerca de 2 milhões se encontram no Pará, onde o Censo Demográfico 2022 mobilizará mais de 6 mil recenseadores.

No estado, assim como em todo o Brasil, a coleta domiciliar teve início nesta segunda-feira (1º). É nesta etapa da pesquisa que serão feitas entrevistas, para verificar quantos são e como vivem todos os residentes no país. As informações coletadas servirão, entre outros objetivos, para direcionar as politicas públicas nos próximos dez anos.

LEIA TAMBÉM:

IBGE prorroga inscrições gratuitas para concurso no Pará

IBGE publica edital para concurso. Salário de até R$ 2,1 mil

No Pará, o IBGE conta com mais de 7 mil servidores temporários, dos quais 6 mil são recenseadores, que atuarão em todos os 144 municípios. A Região Metropolitana de Belém (RMB) concentra o maior número de domicílios, onde devem ser visitados aproximadamente 850 mil casas e apartamentos.

Capital tem maior número de domicílios

Por ser o município mais populoso do Estado, Belém terá o maior número de domicílios visitados. Algo em torno de 400 mil unidades residenciais. Para dar conta desse volume, o IBGE conta com 1.212 servidores temporários contratados, sendo 1.088 deles para o cargo de recenseadores.

Para facilitar o trabalho na capital, o IBGE “dividiu” Belém em duas grandes áreas de coleta, com 9 subáreas e 19 postos de coleta (locais físicos cedidos para o IBGE por parceiros onde as equipes que coordenam os recenseadores estarão trabalhando e monitorando sua atuação em campo).

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS