plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 24°
cotação atual R$


home
MERCADO LOCAL

Pará cria 55 mil empregos com carteira assinada em dez meses

Dados sobre as contratações de outubro são do Novo Caged, divulgados pelo Ministério do Trabalho. Em 2023, já são mais de 55 mil empregos com carteira assinada no Pará.

Imagem ilustrativa da notícia Pará cria 55 mil empregos com carteira assinada em dez meses camera Maior crescimento em outubro aconteceu no setor de serviços, com mais de 2 mil postos gerados | Wagner Santana/Diário do Pará

A geração de empregos formais no Brasil continua em alta. Dados do Novo Caged sobre as contratações de outubro, divulgados pelo Ministério do Trabalho, mostram que o país obteve no mês de outubro de 2023 um saldo positivo de 190.366 postos de trabalho com carteira assinada, com a maioria dos empregos formais criados principalmente no setor de serviços (109.939) e no comércio (49.647).

O Pará segue na mesma linha de ascendência, com 4.863 novas contratações acumulando neste ano, de janeiro a outubro, um total de 55.675 novos contratos com carteira assinada.

Contéudos relacionados:

O maior crescimento do emprego formal em outubro ocorreu no setor de serviços, com um saldo de 2.159 empregos no mercado paraense e 109.939 postos em todo o país.

Quer ver mais notícias do Pará? Acesse nosso canal no WhatsApp.

O comércio respondeu pelo segundo maior volume de empregos, tanto no Pará, com 1.076 contratações quanto no mercado nacional, com 49.647 postos de trabalho gerados no mês, principalmente no comércio varejista de mercadorias, com predominância para de supermercados e hipermercados, além de vagas em empresas de artigos de vestuário.

Os demais segmentos em alta no Pará são: construção com saldo positivo de 997 postos de trabalho; indústria com 399 postos; e a agropecuária com saldo positivo de 232 empregos formais.

Considerando as contratações formais em outubro na região Norte, foram ao todo 91.689 admissões, contra 81.466 desligamentos, gerando um saldo positivo de 10.223 postos de trabalhos. O Pará, foi o que apresentou o maior saldo positivo (4.863 postos de trabalho), seguido do Amazonas com 2.733 contratações e em seguida o Tocantins com saldo positivo de 1.758 postos.

Entre os estados, as unidades da Federação com maior saldo foram São Paulo, com geração de 69.442 postos (+0,5%), em sua maioria no setor de serviços (+44.112); no Rio de Janeiro, geração de 18.803 postos (+0,5%) e Paraná, com saldo positivo de 14.945 postos (+0,5%).

E no Brasil, no acumulado de janeiro a outubro deste ano foram gerados 1.784.695 postos de trabalho, ficando o resultado positivo nos cinco grandes agrupamentos econômicos e em todos os estados mais o Distrito Federal. O maior acumulado do ano foi registrado em São Paulo, com geração de 502.193 postos formais (+3,8%), Minas Gerais, com 187.485 novos postos (+4,2%) e Rio de Janeiro, que gerou 141.981 vagas formais (+4,2%).

l Em outubro, o saldo ficou positivo para as mulheres, com geração de 90.696 postos e para também para os homens (99.671). Para os pardos, a geração foi de 110.240, para brancos (64.660), pretos (22.300), amarelos (15.395) e indígenas (652). No que se refere às Pessoas com Deficiência, o saldo positivo foi de 1.699 postos de trabalho no mês.

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Notícias Pará

Leia mais notícias de Notícias Pará. Clique aqui!

Últimas Notícias