plus
plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Edição do Dia
Previsão do Tempo 33°
cotação atual R$


home
USINA DA PAZ

Em ação solidária, campanha pede doação de cabelo em Belém

Além da campanha para incentivar a doação de cabelo para pessoas com câncer e escalpelados, ocorre também um curso de perucaria na Usipaz.

twitter Google News
Imagem ilustrativa da notícia Em ação solidária, campanha pede doação de cabelo em Belém camera A campanha de doação de cabelos vai até o dia 4 de maio. | (Adam Costa/Nucom SEAC)

Mais que um gesto de amor e carinho ao próximo, a doação de cabelo é um ato de solidariedade que pode ajudar a resgatar a autoestima de mulheres e outras pessoas que realizam tratamento contra o câncer ou que são vítimas de escalpelamento, por exemplo.

Para incentivar essa prática, A Usina da Paz Padre Bruno Sechi, no bairro do Bengui, em Belém, promove um curso de perucaria que arrecada cabelos e confecciona perucas destinadas às pacientes. A iniciativa é do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Articulação da Cidadania (Seac), em parceria com a Associação Mulheres Poderosas.

CONTEÚDOS RELACIONADOS:

Para a coordenadora da Associação Mulheres Poderosas, Jaqueline Carvalho, o curso de perucaria realizado na Unipaz Bengui significa uma mudança de vida, tanto para as alunas, como para as pacientes que irão receber as perucas. “Todas as alunas do curso são, ou já foram, pacientes oncológicas, então isso aqui significa muito para elas, essas perucas vão ser destinadas a pacientes do Hospital Ophir Loyola e de outros hospitais”, disse.

Câncer

Segundo o Instituto Nacional de Câncer, no Brasil, o câncer de mama é o mais incidente em mulheres, cerca de 73.610 casos novos foram estimados para cada ano do triênio 2023-2025. Um dos efeitos colaterais do tratamento é a queda de cabelo e o uso de perucas impacta significativamente no bem-estar físico e emocional das pacientes.

A coordenadora ressalta ainda o poder de transformação que uma peruca pode realizar na vida de quem passa pelo tratamento. "Eu falo por experiência própria, fiz tratamento em 2013, perdi a mama, tive metástase e sei as dificuldades. A queda de cabelo baixa muito nossa autoestima, então é muito importante a mulher se ver novamente bonita através de um cabelo doado. A peruca passa essa segurança, essa autoestima, esse empoderamento e ajuda muito no tratamento", explicou.

Quer mais notícias do Pará? Acesse nosso canal no WhatsApp

O professor e mestre peruqueiro Wilton Rocha explicou as etapas de produção do curso. “Aqui elas estão aprendendo a questão da tecelagem da peruca, montagem, costura e toda técnica. Tudo isso vai aprimorar o trabalho e a produção desse material. Essa iniciativa é muito importante para quem recebe a peruca, de forma gratuita, e também para essas mulheres que estão aqui aprendendo no curso”, disse.

Em paralelo ao curso, uma campanha de doação estimula a solidariedade e arrecada os cabelos que serão usados na confecção das perucas. Ao final da produção, as perucas com cabelo humano serão destinadas aos hospitais e posteriormente às mulheres pacientes de câncer ou vítimas de escalpelamento.

Doação

A campanha de doação de cabelos para mulheres vítimas de câncer ou escalpelamento vai até o dia 4 de maio. Os interessados podem doar o cabelo já cortado na Usina da Paz do Bengui, no horário de funcionamento do equipamento. Para quem preferir cortar na hora, os dias são: segunda, quarta e sexta, das 14h às 18h.

A aluna Silvia Cordovil, de 58 anos, já pensa em comprar uma máquina de costura para investir na produção de perucas. “O curso é maravilhoso, estamos aprendendo tudo. Acho muito importante essas iniciativas, principalmente para as pessoas que tiveram câncer, eu venho toda feliz. Lembro quando coloquei minha primeira peruca, dá uma autoestima muito grande”, disse.

Para o secretário de Articulação da Cidadania, Igor Normando, a doação de cabelos e o curso de confecção de perucas permitem trazer uma sensação de apoio e autoestima para aqueles que enfrentam a batalha contra o câncer. “Ao incentivar a doação de cabelos, o curso não apenas fornece uma habilidade prática, mas também promove valores de compaixão e solidariedade, fortalecendo os laços comunitários e criando um ambiente de apoio, impactando positivamente a vida das pacientes”, explicou.

Em breve, novas turmas serão abertas ao público.

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

    Mais em Notícias Pará

    Leia mais notícias de Notícias Pará. Clique aqui!

    Últimas Notícias