plus
plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Edição do Dia
Previsão do Tempo 34°
cotação atual R$


home
BRONCA DO POVO

Alagamento eterno revolta moradores em área nobre de Belém

Bueiro entupido no bairro da Batista Campos há seis meses deixa moradores e pedestres revoltados com a Prefeitura de Belém

twitter Google News
Imagem ilustrativa da notícia Alagamento eterno revolta moradores em área nobre de Belém camera Calçada na esquina da Pariquis com Serzedelo Corrêa está intrafegável por pedestres há seis meses | Reprodução

Em Belém, problemas como coleta de lixo irregular, limpeza urbana, violência, abandono de locais públicos e muitos outros transtornos são, infelizmente, comuns. Com isso, os moradores da cidade acabam passando por episódios de revolta e insatisfação com as condições de vida na capital paraense.

Moradores do edifício José Elias, localizado no cruzamento da avenida Serzedelo Corrêa com a rua dos Pariquis, denunciaram à Redação do DOL uma situação bastante inusitada: um alagamento eterno que não seca e já dura mais de seis meses ininterruptos.

CONTEÚDO RELACIONADO:

A esquina onde o prédio está localizado fica em uma das áreas mais nobres de Belém: o bairro de Batista Campos, a um quarteirão da praça de mesmo nome, uma das mais famosas da capital paraense.

Um dos moradores, que prefere não se identificar, mora no edifício José Elias há dois anos e compartilhou fotos e vídeos registrados na segunda (24) e nesta terça-feira (25), os quais mostram que a calçada na rua dos Pariquis com a Serzedelo foi completamente tomada pela água de esgoto, que inundou o local há seis meses e nunca mais secou.

Quer mais notícias do Pará? Acesse nosso canal no WhatsApp!

Segundo o morador, tudo começou em janeiro, após uma obra de recapeamento asfáltico no trecho, a qual interviu também na reconstrução de um bueiro que fazia o escoamento da água da chuva. Com a mudança na estrutura, a drenagem foi prejudicada e a água passou a ficar empoçada, sem ter para onde ir.

Reprodução

FAÇA CHUVA OU FAÇA SOL...

Independentemente das condições climáticas, se há sol ou chuva, o alagamento nunca cessa. No entanto, quando chove, de acordo com o morador, a situação se agrava e a água acaba invadindo um dos blocos do prédio e a garagem do edifício, no piso térreo.

"Além do alagamento que nunca resolvem, o cheiro de esgoto invade nossas casas, assim como ratos, moscas e baratas. Já entramos em contato duas vezes com a Sesan (Secretaria Municipal de Saneamento de Belém) e não deram nenhum retorno ou previsão de quando vão dar uma solução para a gente que mora aqui e paga um valor absurdo de IPTU todo ano para a Prefeitura de Belém, isso sem falar do lixo, cuja coleta passa de forma irregular", declarou o morador, revoltado.

Reprodução

A Redação do DOL entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saneamento de Belém (Sesan), mas, até o momento, não obteve nenhum retorno com informações a respeito da reclamação dos moradores.

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

    Mais em Notícias Pará

    Leia mais notícias de Notícias Pará. Clique aqui!

    Últimas Notícias