Notícias / Notícias Pará
Notícias Pará

Usuária filma motorista em alta velocidade no BRT

quarta-feira, 28/01/2015, 11:37 - Atualizado em 28/01/2015, 17:26 - Autor:


Parece a largada de um veículo que disputa alguma categoria automobilística, mas os primeiros segundos do vídeo feito por uma estudante universitária na via expressa da Almirante Barroso registra a alta velocidade de um ônibus que fazia linha até Ananindeua, Região Metropolitana de Belém.


O vídeo, de mais de um minuto, mostra o coletivo partindo do trecho próximo ao cruzamento com a travessa Antônio Baena até próximo da travessa Mariz e Barros, sentido São Brás - Entroncamento.


>>> Veja a galeria de flagrantes e problemas observados na Via Expressa


As imagens foram feitas por volta de 20h, em uma quinta-feira. A jovem contou à reportagem do DOL que não somente ela, mas outros passageiros ficaram temerosos com a velocidade do motorista, apesar da "pressa" do condutor ajudar a "diminuir" a distância até suas casas.


Em entrevista ao Especial Vias de Guerra, publicado recentemente no DOL, o coordenador de planejamento do Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran/PA), Carlos Valente, destacou que "a via é expressa porque ela não tem paradas, não porque o motorista possa transitar com altas velocidades, que podem colocar não somente ele, como os passageiros em risco".


Em quase um ano de via expressa, vários acidentes foram registrados, seja por imprudência de condutores de ônibus, seja por irresponsabilidade de pedestres e condutores de motocicletas e carros particulares. Segundo dados da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob), já foram registrados três mortes na via expressa, todas resultantes de atropelamentos de ônibus.  


Veja o vídeo:



Por nota, a Semob informou que "em caso de desrespeito ou flagrante de infrações de trânsito por parte dos motoristas, os usuários podem entrar em contato com o órgão informando o código alfanumérico do veículo, linha e local da ocorrência para que a Semob tome as devidas providências". A secretaria afirma ainda que "dependendo do caso a empresa pode ser notificada e, caso seja reincidente na infração, pode ter sua concessão suspensa" e que motoristas e cobradores identificados nos casos podem ser até desligados da função.

As denúncias podem ser feitas através do site  da Semob, pelo perfil no Twitter @Semob_Bel ou pelo Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) através do número 118.


(Enderson Oliveira/DOL)

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS