Diário Online
Notícias / Notícias Pará
Notícias Pará

Acusado de agredir jovem fará serviço comunitário

quarta-feira, 05/04/2017, 11:21 - Atualizado em 05/04/2017, 13:14 - Autor:

Google News

Foi realizado na manhã desta quarta-feira (5) o julgamento do lutador Airton Carneiro Filho, acusado de agredir a então estudante Myriam Ruth no dia 10 de abril de 2016, em um bar localizado no bairro de Nazaré, em Belém. A juíza Gildes Maria Silveira Lima decretou a condenação do jovem, que deve pagar pena através de serviços comunitários com a doação de cinco cestas básicas no valor de R$ 937 cada, totalizando R$ 4.685,00, para entidades carentes.


O caso ganhou ampla repercussão após a vítima relatar na rede social Facebook o caso de agressão. Segundo ela, ambos estavam em uma festa no Toca Restô Bar, na avenida Brás de Aguiar, quando Airton começou a se aproximar de Myriam, colocando as bebidas dele na mesa da jovem. Ela afirma que pediu para ele se afastar, mas houve resistência, que acabou em agressões verbais e em um soco no rosto da vítima e chutes pelo corpo.



Na época, o advogado de Airton, que é faixa preta de Jiu-Jitsu, afirmou que a estudante iniciou a discussão, proferindo ofensas contra Airton, que resultaram em agressões mútuas.


Vítima comenta punição a lutador


Não se calar. Este é o grande aprendizado que a jovem Myriam Ruth teve e desejou repassar a inúmeras mulheres que são vítimas de assédios e agressões, verbais e físicas.


"Essa luta me fez aprender que a gente não deve se calar como mulher frente a estas situações, porque é muito comum, dentro de casa, nas escolas, no nosso trabalho. A violência contra a mulher se faz muito presente e, ainda no século XXI, nos dias de hoje, a gente lida com toda essa violência, seja física, seja psicológica".


Veja o depoimento na íntegra enviado ao DOL:



O advogado de Myriam, Walmir Brelaz, afirmou ainda que entrará com recurso na esfera civil por danos morais. Veja o que ele falou:



O DOL tentou contato com o advogado de Airton, Tiago Brito, mas, até o início da tarde, ele não atendeu as ligações telefônicas. Um funcionário do escritório onde Brito trabalha informou por telefone que ele não voltará ao local nesta quarta-feira.


(DOL)

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS