Notícias / Polícia
GRAVIDADE

Dois sobreviventes de tiros na cabeça em Capitão Poço são transferidos para Belém

De acordo com a Polícia Civil, os últimos crimes registrados em Capitão Poço não estão relacionados.

quarta-feira, 20/01/2021, 13:23 - Atualizado em 20/01/2021, 15:27 - Autor: Diário Online


Um homem e dois adolescentes foram encontrados amarrados dentro de um ônibus abandonado.
Um homem e dois adolescentes foram encontrados amarrados dentro de um ônibus abandonado. | Reprodução

Dois sobreviventes que foram encontrados amarrados dentro de um ônibus abandonado em uma área de mata, no Residencial Goiânia, no município de Capitão Poço, no nordeste paraense, foram transferidos para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua, na Grande Belém.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a transferência deles ocorreu na noite de ontem (19), devido a gravidade dos ferimentos.

Homens são encontrados amordaçados e com tiros na cabeça dentro de ônibus no Pará

Dos três encontrados dentro do ônibus, estavam dois adolescentes e um adulto. Após o resgate, um dos adolescentes veio a óbito durante o atendimento médico, de acordo com a PC. 

Durante as buscas no veículo, foram encontradas cápsulas de armas de fogo. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil local, com apoio da Coordenadoria de operações especiais, Diretoria de polícia especializada, Diretoria de polícia do interior e policiais da superintendência da 6ª RISP-Caeté. 

O DOL entrou em contato com o Hospital Metropolitano e aguarda um posicionamento sobre o estado de saúde das vítimas. 

Relembre:


LATROCÍNIO

O suspeito do assassinato de duas mulheres, também em Capitão Poço, foi preso pela Polícia Civil após denúncias de moradores da vila de barro vermelho, zona rural do município.

Polícia prende suspeito de matar duas mulheres em Capitão Poço 

Agentes da Polícia Civil ouviram testemunhas do caso e identificaram o autor do crime, que foi preso na cidade, mas precisou ser levado para Capanema por medida de segurança, onde está à disposição da Justiça.

De acordo com a Polícia Civil, o autor do crime conhecia a família de uma das vítimas e sabia que ela guardava em casa certa quantia em dinheiro. Após o crime, o homem fugiu com o valor de dois mil reais e um aparelho celular. Câmeras de monitoramento ajudaram a chegar na autoria do caso.

Duas mulheres são mortas dentro de casa em Capitão Poço

As mulheres, identificadas pelos nomes de Wanessa e Neta, foram encontradas mortas dentro da casa em que moravam. O crime ocorreu na última segunda-feira (18). 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS