Diário Online
Notícias / Polícia
CRIME MACABRO

Assassinos destroem esôfago e traqueia de jovem e deixam seu corpo boiando em canoa

"Foi muito violento, por pouco não foi degolado, destruíram a região do esôfago, a traqueia não existe mais, ele também teve perda de vísceras", detalhou o médico que fez a necropsia da vítima.

terça-feira, 16/02/2021, 09:08 - Atualizado em 16/02/2021, 11:54 - Autor: Niash dos Anjos/ Especial para o DOL


Imagem ilustrativa da notícia: Assassinos destroem esôfago e traqueia de jovem e deixam seu corpo boiando em canoa
| Juliano do Click

O jovem José Roberto Carvalho de Souza, 19 anos, foi vítima de um crime bárbaro na manhã da última segunda-feira (15) entre as comunidades do Canarinho e Cristo Redentor, em Barreirinha, interior do Amazonas, distante cerca de 260 km de Santarém. O corpo de José foi encontrado em uma canoa, nas margens do rio Andirá.

Segundo o pai da vítima, o senhor Azenor Seixas de Souza, "o José tinha saído de canoa, ficamos surpresos quando o cunhado dele (José Prestes dos Santos) informou que havia encontrado ele morto na canoa. O meu filho era calmo e não tinha inimigos, foi bastante pesado", contou o pai da vítima.

O médico Jackson Souza que atua no Hospital Coriolano Cidade Lindoso, informou que o jovem foi atingido por arma branca, "Aparentemente ele foi atingido por uma arma branca, por volta da região do pescoço", relatou.

 

O médico acredita que o crime foi cometido por mais de uma pessoa. O fio de cabelo de uma mulher foi encontrado no momento da necropsia.
O médico acredita que o crime foi cometido por mais de uma pessoa. O fio de cabelo de uma mulher foi encontrado no momento da necropsia. Juliano do Click
 

"A necropsia indica que por ainda o corpo está com sangramento, não ter coagulado o sangue, pelo odor e a aparência, ele veio a óbito por volta das 7h da manhã. Com certeza morreu na hora, foi muito violento, por pouco não foi degolado, destruíram a região do esôfago, a traqueia não existe mais, ele também teve perda de vísceras", detalhou o médico.

É possível que José Roberto Carvalho tentou se defender, pois, ele tinha múltiplos cortes na região do cotovelo direito, ainda de acordo com Jackson, no momento da necropsia foi encontrado resquícios de cabelo de mulher no corpo da vítima. O caso está sendo investigado pela 42ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Barreirinha.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS