Notícias / Polícia
INVESTIGAÇÃO

Suspeitos de envolvimento em morte de policiais são ouvidos

Em pouco mais de dois meses, dois policiais penais foram mortos na Grande Belém

sexta-feira, 26/03/2021, 21:04 - Atualizado em 26/03/2021, 22:57 - Autor: Com informações da Agência Pará


Suspeitos foram encaminhados para a Divisão de Homicídios, da Polícia Civil, onde foram ouvidos.
Suspeitos foram encaminhados para a Divisão de Homicídios, da Polícia Civil, onde foram ouvidos. | Ascom/Polícia Civil

Nove custodiados do sistema penitenciário do Pará, considerados de alta periculosidade e com posições de liderança em organizações criminosas, foram levados na tarde desta sexta-feira (26) à Divisão de Homicídios, da Polícia Civil, no bairro de São Brás, para prestarem esclarecimentos sobre as mortes e atentados que vêm ocorrendo no Estado contra servidores da área de segurança pública.

Os custodiados foram levados à Divisão por agentes da Diretoria de Administração Penitenciária e Assessoria de Segurança Institucional, da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). Eles são suspeitos de envolvimento e devem ser responsabilizados criminalmente por todos os atos violentos cometidos contra policiais penais e servidores de outros setores da segurança pública.

Administrativamente, os nove detentos já estão respondendo a Procedimento Disciplinar Penitenciário (PDP).

Morte policiais penais

Em pouco mais de dois meses, dois policiais penais foram assassinados na Grande Belém. O primeiro crime aconteceu em 14 de janeiro, cuja vítima foi o servidor Paulo Alves da Rocha, de 33 anos, lotado no Presídio Estadual Metropolitano I, em Marituba, há um ano e meio.

O segundo crime foi registrado essa semana: o policial penal Miranildo Moura de Freitas foi morto a tiros na frente da própria esposa na Cidade Nova VIII, em Ananindeua. Ele exercia a função de motorista efetivo de escolta na Secretaria de Estado e Administração Penitenciária (Seap).

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS