Notícias / Polícia
ABUSO SEXUAL

Homem de 48 é preso por estuprar crianças de 7 e 9  anos

Sebastião da Silva Pereira, conhecido como Tião, nega as acusações. As crianças passaram por exames, onde foi constatado que foram vítimas de abuso.

segunda-feira, 09/08/2021, 15:13 - Atualizado em 09/08/2021, 15:12 - Autor: Com informações do portal Correio de Carajás


Pandemia fez diminuir denúncias de violência sexual contra menores.
Pandemia fez diminuir denúncias de violência sexual contra menores. | Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

O isolamento provocado pela pandemia do novo coronavírus criou ainda mais dificuldades para que fossem feitas denúncias de crimes de violência sexual contra crianças e adolescentes e pode ter ajudado a aumentar a subnotificação de casos. Foi o que revelou o relatório Análise de Ocorrências de Estupro de Vulnerável do estado de São Paulo, feito pelo Instituto Sou da Paz, o Ministério Público de São Paulo e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e divulgado em dezembro.  

Um dos fatores que dificultou o processo de denúncia durante a pandemia foi o fechamento das escolas, tradicionalmente espaço em que muitas eram feitas por ser um canais de proteção facilitado para as vítimas desses crimes.

Mesmo com o isolamento, casos de abuso sexual devem ser denunciados imediatamente para que o autor do crime seja penalizado. 

Em São Félix do Xingu, no sul do Pará, foi capturado um homem suspeito de abusar sexualmente de duas crianças, de 7 e 9 anos. Ele foi identificado como Sebastião da Silva Pereira, conhecido como Tião, 48 anos.

O autor dos crimes foi preso pela Polícia Civil, em operação policial de cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela Comarca de São Félix do Xingu.

De acordo com mandado judicial, emitido no início de agosto deste ano pelo juiz Cristiano Lopes Seglia, Sebastião Pereira teria abusado sexualmente de duas crianças diversas vezes. 

Ele nega as acusações, porém, segundo informações do portal Correio de Carajás, após as investigações, teria ficado confirmado que ele seria o autor dos estupros. O homem está preso à disposição da justiça.

As crianças foram encaminhadas para o Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves”, no município de Marabá, onde foi constado que elas foram vítimas de estupro.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS