Diário Online
Notícias / Polícia
VIOLÊNCIA

Vídeo: Hamburgueria é assaltada duas vezes em um mês

Funcionários do estabelecimento comercial passaram momentos de terror durante a ação criminosa

quarta-feira, 11/05/2022, 16:31 - Atualizado em 11/05/2022, 16:30 - Autor: Paula Marrocos com informações de Sancha Luna - RBATV

Google News

Imagem ilustrativa da notícia: Vídeo: Hamburgueria é assaltada duas vezes em um mês
| ( Reprodução )

A Polícia investiga um série de assaltos que estão sendo realizados em Belém. Criminosos estariam amedrontando a vida da população com ações criminosas violentas, nos bairros da capital paraense.

Vídeo: PF investiga crimes abuso sexual infantil em Belém

Uma hamburgueria, localizada no bairro do Marco, em Belém, foi alvo da ação de bandidos, nesta terça-feira (10). A ação criminosa foi registrada por câmeras de segurança do estabelecimento comercial. 

Nas imagens é possível ver o momento em que um dos assaltantes se aproxima do balcão e retira uma arma de uma mochila e intimida uma funcionária. O outro criminoso se aproxima e exige dinheiro do caixa. Depois da ação, os dois assaltantes se afastam, mas, um retorna e rouba celulares de clientes e a renda do estabelecimento com uma funcionária. 

Uma adolescente, de 13 anos, ainda tenta recuperar o aparelho e acaba sendo agredida pelo criminoso. Segundo informações de pessoas ligadas ao estabelecimento, ela teria ganhado recentemente o celular, de presente. 

Após o crime, a dupla de criminosos conseguiu fugir, em duas motos, no sentido bairro de Fátima. 

Veja o vídeo!

   

No dia 17 de abril, outra unidade da hamburgueria, localizada no bairro Umarizal, também foi assaltada. Na ocasião, clientes do estabelecimento foram abordados logo na entrada do local. O vídeo mostra também o  momento que os assaltantes, entre eles, uma mulher, fugiram em um veículo. 

Funcionários da hamburgueria, que passaram momentos de terror, durante a ação criminosa, afirmam que a mulher que fazia parte do bando, é a mesma que foi encontrada morta dias atrás, identificada como Aline Gonçalves Corrêa, de 22 anos. Ela teria sido baleada por um homem na rua que avistou ela e outros comparsas cometendo crimes no bairro da Pedreira, na noite deste sábado (7), e foi abandonada pelos companheiros de crime.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS