Diário Online
Notícias / Polícia
VEJA NA REPORTAGEM

Homens tocam fogo em residências e matam cachorro no Marajó

Os suspeitos alegaram que a queima das residências dos ribeirinhos seria uma retaliação às invasões cometidas por eles nas terras de um fazendeiro

quinta-feira, 28/07/2022, 21:12 - Atualizado em 28/07/2022, 21:12 - Autor: Com informação de Marcos Onias/RBA TV

Google News

Ribeirinhos sofreram perda total das casas de madeira após o ataque
Ribeirinhos sofreram perda total das casas de madeira após o ataque | Reprodução

A violência humana resultou na morte de um frágil animal na vila Joviniano Pantoja, em Santa Cruz do Arari, no Arquipélago do Marajó, nesta quinta-feira (28), depois que três casas de madeira foram consumidas por um incêndio provocado por um grupo de pessoas.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Santa Cruz do Arari. As casas pertenciam a alguns ribeirinhos. Os suspeitos do crime foram identificados como seguranças que trabalhavam em uma fazenda próxima e que, a mando do próprio patrão, incendiaram os imóveis.

+ Doméstica é salva de trabalho escravo em Belém

As vítimas foram acusadas de invadir as terras desse fazendeiro. Os ribeirinhos, porém, afirmam que estão apenas criando gado e que tentam sobreviver desse sustento.

Confira a reportagem de Marcos Onias, da RBA TV:


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS