plus
plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Edição do Dia
Previsão do Tempo 33°
cotação atual R$


home
PARÁ E SANTA CATARINA

Presos membros de facção que extorquiam comerciantes no Pará

Indivíduos estão sendo investigados por envolvimento em crimes que incluem ameaças contra agentes públicos, homicídio, posse ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e extorsão de comerciantes

twitter Google News
Imagem ilustrativa da notícia Presos membros de facção que extorquiam comerciantes no Pará camera Momento da prisão de um dos membros das facções criminosas | Divulgação

Facções criminosas são organizações formadas por indivíduos que se unem com o propósito de cometer crimes em larga escala. Essas organizações têm uma estrutura hierárquica e geralmente operam de maneira clandestina, buscando controlar atividades ilícitas como tráfico de drogas, extorsão, homicídios, roubo, entre outros.

A operação "Cara-Crachá" realizada pela Polícia Civil do Pará resultou na prisão, de seis integrantes de uma facção criminosa que opera nos municípios paraenses de Salinópolis e São João de Pirabas. Os indivíduos detidos estão sob investigação por uma série de crimes, incluindo ameaça contra agentes públicos, homicídio, porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e extorsão a comerciantes.

Conteúdos relacionados:

Os seis mandados de prisão preventiva foram executados em Bragança, Santa Izabel, São João de Pirabas, Salinópolis e até mesmo em São José (SC).

Walter Resende, delegado-geral da Polícia Civil do Pará, enfatizou que durante a operação contra a facção criminosa, os suspeitos foram identificados como responsáveis pelas extorsões contra comerciantes no Pará. Um dos indiciados, capturado em São José (SC), foi também preso em flagrante por uso de documento falso, estando fugido do sistema prisional paraense.

Fausto Bulcão, diretor da Divisão de Repressão ao Crime Organizado, explicou que os policiais civis concentraram suas investigações nas lideranças dessa facção criminosa, especialmente no que se refere às extorsões realizadas contra comerciantes. Após meses de investigação, os suspeitos foram localizados e detidos em várias cidades do Pará e em Santa Catarina.

Quer ler mais notícias de polícia? Acesse nosso canal no Whatsapp

As prisões, que envolveram quatro homens e duas mulheres, foram realizadas por uma ação coordenada entre a Delegacia de Repressão às Facções Criminosas (DRFR), vinculada à Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), e as Delegacias de Bragança, Salinópolis e São João de Pirabas, além da Delegacia de Combate ao Crime Organizado (DECRIM) da Polícia Civil de Santa Catarina (SC).

Os seis detidos foram encaminhados para uma unidade policial, onde aguardam disposição do Poder Judiciário.

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

    Mais em Polícia

    Leia mais notícias de Polícia. Clique aqui!

    Últimas Notícias